Semana On

Quarta-Feira 11.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Mato Grosso do Sul

Com crescimento em alta, sobram vagas de empregos em Dourados

Há três anos demanda por postos de trabalho não é suprida no município.

Postado em 20 de Março de 2014 - Redação Semana On

Com crescimento acima da média, Dourados enfrenta falta trabalhadores para atender a demanda das empresas. Com crescimento acima da média, Dourados enfrenta falta trabalhadores para atender a demanda das empresas.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Todos os dias o Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador (Ciat) de Dourados tem disponíveis em torno de 150 vagas de emprego. Para tentar encontrar o profissional para ocupar uma dessas vagas, o Ciat precisa fazer um esforço concentrado, garimpando entre os profissionais cadastrados.

“Temos uma demanda muito grande de vagas; todos os dias fazemos um esforço muito grande da nossa equipe para tentar encontrar os profissionais que o mercado precisa e nem sempre conseguimos”, explica Evanete Rocha, responsável pela captação de vagas no Ciat.

A Prefeitura de Dourados em parceria com o Senai e o Senac têm capacitado milhares de trabalhadores por ano. Mesmo assim a demanda é tão grande que nos últimos três anos não se consegue atender a abertura de vagas. Muitos trabalhadores qualificados têm optado por trabalhar particularmente na construção civil ou iniciam um pequeno negócio, aproveitando o “boom” econômico do município.

Jonathan Merlo, 22, gerente da 3A Máquinas e Transportes, concessionária Stara em Dourados, conta que precisa buscar trabalhadores em outras cidades. “Temos muita dificuldade em encontrar mão de obra aqui e quando encontra o trabalhador pede um salário muito acima da realidade das empresas. Então, temos de buscar gente fora, o que aumenta o custo para a empresa, pois temos de instalar o funcionário na cidade, mas não há outro caminho”.

Serviço

Os interessados nas vagas oferecidas pelo Ciat podem procurar o centro na Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (Semdes), na Avenida Weimar Gonçalves Torres, 1680-B. Os documentos necessários são a carteira de trabalho, documentos pessoais e o currículo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...