Semana On

Quarta-Feira 14.abr.2021

Ano IX - Nº 438

Campo Grande

Idosos de 76 e 77 anos começam a ser vacinados na próxima segunda

No 1º dia de operação, barreiras sanitárias abordaram 5,8 mil pessoas e identificaram sete casos suspeitos

Postado em 12 de Março de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A prefeitura municipal de Campo Grande irá, a partir da próxima segunda-feira (15), ampliar o público de idosos a ser vacinados nessa primeira etapa da campanha de imunização contra a Covid-19. Idosos de 76 e 77 anos poderão procurar qualquer um dos 55 pontos de vacinação durante a semana. 

Nos dias 15 e 16 de março, serão vacinados idosos com 77 anos e nos dias 17, 18 e 19 de março, idosos com 76 anos. Trabalhadores da saúde com mais de 50 anos poderão ser imunizados do dia 15 ao dia 19. No sábado (20) haverá a repescagem dos dois públicos. 

A orientação é para que as pessoas fiquem atentas ao calendário de imunização e compareça à unidade munidas de um documento de identificação e do comprovante de recebimento da primeira dose. Caso o paciente não tenha o impresso, é possível ter acesso a carteirinha de vacinação digital, através do site: vacina.campogrande.ms.gov.br. 

Outros Públicos 

Neste sábado (13) será a “repescagem” para a aplicação da segunda dose em idosos com mais de 80 anos e da primeira dose em trabalhadores da saúde com mais de 55 anos, que atuam em clínicas de diagnóstico, laboratórios, farmácias, consultórios, clínicas veterinárias, centros de tratamento oncológico e pequenos hospitais. Estes trabalhadores poderão ser imunizados na Drive Thru que está montando no parque Ayrton Senna e na Seleta, que fica na Rua Dolor de Andrade, 270 – centro. A partir da semana que vem o público se extende para aqueles trabalhadores acima de 50 anos. 

Locais de vacinação 

Drive-thru Parque Ayrton Senna 

7h30 às 17h30 

Seleta (Rua Dolor Ferreira de Andrade, 270 – Centro) 

7H30 às 17h 

Centro 

13h às 17h 

USF Vila Corumbá 

USF Vila Carvalho 

Imbirussu 

USF Albino Coimbra 

UBS Silvia Regina 

UBS Lar do Trabalhador 

USF Indubrasil 

USF Zé Pereira 

USF Aero Itália 

USF Serradinho 

UBS Popular 

USF Sírio Labanês 

Segredo 

UBS Coronel Antonino 

USF São Francisco 

USF Vila Nasser 

UBS Estrela do Sul 

USF Paradiso 

USF José Tavares 

Clínica da Família Nova Lima 

USF Vida Nova 

USF Vila Cox 

Prosa 

USF Mata do Jacinto 

USF Estrela Dalva 

USF Marabá 

USF Noroeste 

USF Nova Bahia 

Lagoa 

UBS Caiçara 

USF Buriti 

USF Batistão 

USF Tarumã 

USF Oliveira 

Clínica da Família Portal Caiobá 

USF Coophavilla 

USF Jardim Antártica 

USF São Conrado 

Bandeira 

USF Moreninha 

USF Itamaracá 

UBS Carlota 

USF Arnaldo Estevão de Figueiredo 

USF Tiradentes 

USF Universitário 

USF Cristo Redentor 

Anhanduizinho 

USF Botafogo 

Clínica da Família Iracy Coelho 

USF Parque do Sol 

UBS Aero Rancho 

USF Anhanduí 

USF Dom Antonio Barbosa 

USF Macaúbas 

USF Paulo Coelho Machado 

UBS Pioneira 

USF Jockey Clube 

USF Mário Covas 

UBS Dona Neta 

Barreiras sanitárias

No primeiro dia de funcionamento das barreiras sanitárias instaladas pela Prefeitura de Campo Grande, foram abordados mais de 5,8 mil pessoas e identificados sete casos suspeitos de Covid-19. As intervenções estão ocorrendo em quatro pontos estratégicos nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas, onde há um fluxo maior de veículos vindo dos municípios do interior e de fora do Estado.

Ao todo, mais de 3,1 mil veículos entraram na cidade passando pelas barreiras, onde é feita a orientação do motorista e passageiros, avaliação de casos suspeitos e a desinfecção dos automóveis. Dos sete casos suspeitos que estavam em veículos com placas de fora da Capital, cinco foram testados por apresentarem critérios e em nenhum foi detectada a presença do coronavírus.

Essas pessoas preenchem um formulário onde é relatado se houve ou não a persistência de sintomas, como dor de cabeça, tosse e coriza e informa se teve contato com caso positivo ou esteve recentemente em outros estados ou município.

Todos são orientados a observarem os sintomas e procurarem imediatamente um serviço de saúde caso haja alguma alteração, considerando que o diagnóstico do teste não é conclusivo.

A implantação das barreiras sanitárias é uma das medidas deliberadas pelo prefeito Marquinhos Trad, no último fim semana, para conter o avanço da Covid-19 no Município, e que já estão sendo executadas, como a ampliação de leitos e desinfecção de ruas e terminais, além do reforço na fiscalização noturna.

O trabalho conta com o apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Guarda Civil Metropolitana (GCM), Polícia Rodoviária Federal, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Militar e todas as secretarias municipais.


Voltar


Comente sobre essa publicação...