Semana On

Segunda-Feira 08.mar.2021

Ano IX - Nº 433

Mato Grosso do Sul

Maior crescimento de produção de grãos coloca MS em 2º no ranking nacional

A previsão da área para o plantio de grãos em Mato Grosso do Sul, é de 5,4 milhões de hectares, com alta de 7,1% em relação ao ano anterior

Postado em 19 de Fevereiro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A alta na produção, na produtividade, e também na área de produção agrícola garantiram a Mato Grosso do Sul a segunda posição no ranking nacional. Os dados são da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e estão relacionados ao 5º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21, divulgados na última semana.

A previsão da área para o plantio de grãos em Mato Grosso do Sul, é de 5,4 milhões de hectares, com alta de 7,1% em relação ao ano anterior. A produção está prevista em 22,5 milhões de toneladas, 9,4% a mais que na safra anterior.

Para o secretário da Semagro, Jaime Verruck, o resultado é fruto de uma política estadual de crescimento do setor agrícola aliado a incorporação de tecnologias desenvolvidas nos centros de pesquisa de campo. Todas essas iniciativas conferem um elevado nível de sustentabilidade ao processo de expansão da cultura.

O secretário defende que Mato Grosso do Sul tem uma política forte de integração de áreas aptas para a agricultura, e tem feito um grande esforço de abertura de novas áreas e ganhos de produtividade.

Ainda segundo a Conab, em Mato Grosso do Sul, os produtores estão com os insumos necessários para a semeadura do milho em suas propriedades. Na produção do grão, segunda safra, a previsão é de que 10,5 milhões de toneladas sejam colhidas, com aumento de 21,3% em relação ao ano anterior, crescimento que é inferior apenas ao Piauí que poderá dobrar sua produção.

A estimativa do Siga/MS (Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio) é de que a colheita do milho ultrapasse 10,6 milhões de toneladas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...