Semana On

Domingo 11.abr.2021

Ano IX - Nº 438

Entrevista

‘É preciso criar focos de civilização em meio à barbárie’, diz Maria Rita Kehl

‘Bolsonaro é uma pessoa má’, afirma a psicanalista

Postado em 08 de Fevereiro de 2021 - Tutaméia

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O filósofo do cotidiano dessa pandemia deveria ser o Profeta Gentileza, que escrevia nas ruas do Rio Janeiro a frase: “Gentileza Gera Gentileza, amor à natureza”. “Essa frase deveria ser o lema de todas as pessoas progressistas ou mesmo de centro, basta que elas não sejam adeptas do coiso. Deveria ser o nosso lema nessa pandemia”. Afirma a psicanalista, jornalista e escritora Maria Rita Kehl.

Nesta entrevista, ela trata de traços da personalidade de Bolsonaro – “ele é uma pessoa má”– e do que move seus apoiadores. “As pessoas ficam tão desencantadas que ficam um pouco más”, afirma. Surgiu o que ela chama de clima de “dane-se”.

Kehl também avalia as estratégias que os pais devem ter para lidar com os filhos nas limitações impostas pela pandemia, fala de sua angústia com a situação das pessoas que estão tendo que morar nas ruas e elogia a ação do padre Júlio Lancellotti.


Voltar


Comente sobre essa publicação...