Semana On

Quarta-Feira 14.abr.2021

Ano IX - Nº 438

Coluna

Identitários e vergonha alheia

Raphael Tsavkko Garcia: ‘Não é possível! Agora até a religião de atores tem que ser a mesma dos personagens!’

Postado em 09 de Dezembro de 2020 - Raphael Tsavkko Garcia

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Identitários sempre acham um alçapão recheado de vergonha alheia pra abrir. Não é possível! Agora até a religião de atores tem que ser a mesma dos personagens!

A turma da "representatividade" vai matar a atuação. Aliás, sequer entendem o que isso significa.

O próximo homem aranha tem que realmente ter sido picado por uma aranha radioativa, senão é ~apagamento~ e o ator que interpretar o Batman terá de ser um milionário que perdeu os pais violentamente quando criança.

Mas é aquilo, adolescentes retardados reclamando do mundo é a coisa mais comum que existe, o problema é quando adultos se submetem, quando estúdios se submetem ao invés de simplesmente ignorar - milhões vão assistir a série, mesmo os lacradores vão assistir, afinal reclamar é um esporte e um fim em si mesmo.

-

Orientação sexual, gênero, raça, até religião. Tudo é motivo pra exigir cancelamento, pra gritaria... Tem pouco tempo, na Austrália, cancelaram uma peça baseada no roteiro de Hedwig and the Angry Inch (que vem a ser meu filme favorito) porque o ator escalado pra viver o personagem principal, Hedwig, não é trans. Oras, nem os autores (Stephen Trask e John Cameron Mitchell, que também interpretou Hedwig no cinema) são trans e jamais, por motivos óbvios, definiram que o papel é exclusivo para pessoas trans.

Mas os lacradores conseguiram cancelar uma peça baseada em um texto maravilhoso, progressista, LGBT... #Autofagia

SHOW DE HORRORES

O grau de incompetência do governo federal é também um reflexo da incompetência da extrema-direita e do exército brasileiro. Esse último que sempre foi tudo como “de elite”, mas pelo visto apenas pra pintar o meio fio - na logística são absolutamente nulos. Mas não é só incompetência. Tem também uma série de decisões políticas pautadas por conspiracionismo e por total estupidez e descolamento da realidade da extrema-direita - que o exército banca e segue. Um show de horrores jamais visto antes.

FOGO CRUZADO

É interessante, mas eu escrevi duas matérias que de certa forma se completam sobre um mesmo tema. Uma para o MIT Tech Review em que aponto as vantagens e benefícios trazidos por apps como o Fogo Cruzado RJ e o Onde Tem Tiroteio-RJ. OTTRJ (aqui) e esse texto para o CityLab da Bloomberg em que aponto o outro lado, o negativo, de tais aplicativos. As matérias são realmente complementares. E ano que vem, provavelmente em fevereiro, sai na edição impressa da Wired um perfil que escrevi da Cecília Olliveira, a criadora do Fogo Cruzado.

No Rio, o mapeamento de tiros pode sair pela culatra Aplicativos de smartphone que coletam dados de violência armada no...

Publicado por Sociologia e Geoinformação em Terça-feira, 8 de dezembro de 2020

GOLPE

Eu sinto uma certa vergonha alheia quando alguém fala que Dilma sofreu GOLPE…

Mas o pior é quando essa declaração ridículo vem acompanhada de tentativas de análise pra explicar Bolsonaro ou a ascensão da extrema-direita - como se a maioria dos que votaram pelo impeachment não fossem, até ali, aliados do PT. Ou como se as instituições estivessem funcionando numa boa (Belo Monte, exército em favelas, repressão a movimentos sociais, etc).

"Ah, mas o Cunha só liberou o processo quando o PT o traiu"... Bem, e daí? O presidente da câmara pode sentar em inúmeros processos de impeachment (vide o Maia) e dar a louca e resolver deixar um passar. Isso não invalida o processo, só denuncia que o sistema é ruim e concentra poder demais nas mãos de escroques.

É como se tivesse rolado alguma mágica onde de repente todos os aliados do PT fossem responsáveis pelo crescimento da extrema-direita MENOS o partido que arregimentou (e pagou) toda a direita brasileira enquanto defendia repressão nas ruas contra a esquerda e cooptação.

A culpa da extrema-direita é do PMDB, do querido Renan Calheiros, do aliado Feliciano, mas não de quem ofereceu Força Nacional pra esmagar a esquerda, ou de quem fez Belo Monte, campanha suja contra Marina, etc. E um dia tudo mudou e o PT é apenas a vítima.

Nem o fato de dirigente do PT fazer campanha pelo “segundo turno ideal”, nem o líder do partido insistir em concorrer mesmo na cadeia (depois mandando um poste no seu lugar achando que todo mundo iria votar feliz e satisfeito porque Lula mandou, achando que o Brasil é o PT que ele controla, manda e desmanda) e com candidatura sob judice, nem os ataques contra o resto da esquerda tem qualquer relação. O PT é vítima. Tem quem caia.

O Bolsonarismo nada mais é que o filho bastardo do petismo. É fruto direto de anos de Pt no poder e de suas ações e discursos. É fruto da repressão a 2013, é fruto do discurso da militância, da soberba do Lula... A que da de Dilma é apenas um capítulo em um processo longo de destruição das instituições e de política feita com o fígado.

Dilma não sofreu golpe, Dilma caiu por ser uma incompetente que não conseguiu garantir fidelidade da base que o Lula/PT pagou pra conquistar. Por ter alienado, pisado e tentando destruir a esquerda que não se submetia. Por ter se aliado aos piores bandidos do país.

E por ter cometido crime de responsabilidade.

"Ah, mas em tese todo presidente cometeu esses crimes". Verdade. Mas a diferença está no que disse dois parágrafos acima: Dilma não soube manter sua base. Ninguém via abrir processo de impeachment contra presidente que cometeu crimes, MAS tem apoio da base, afinal o processo em si é político.

PS: tenho amigos que acham que foi golpe, MAS (e isso é importante) não alimentam a narrativa vitimista petista ou compram a tese de que foi esse momento o definidor da destruição das instituições - o PT já as destruía. Respeito, mas discordo.

-

Galera gosta de usar aquela frase do Machado com o Jucá ("Com o Supremo, com tudo"), mas sempre "esquecem" que o nome do Lula tava ali também...

"faz um grande acordo, protege o Lula, protege todo mundo. Esse país volta à calma, ninguém aguenta mais."

Eu até hoje penso que o Lula genuinamente achou que ia voltar ao poder nos braços do povo se fazendo de vítima pela queda da Dilma, mas ferrando com ela, que cada vez atuava de forma mais independente e sem pedir a benção pra ele. Mas o acordo não deu certo, ele foi em cana e seguiu com o discurso vitimista porque era o que tinha pra hoje.

NA VENEZUELA

A gente vai entrar em 2021 e ainda tem defensor da ditadura venezuelana por aqui… Se antes era um troço ridículo, meio patético, já passou do limite do tolerável. Passou da hora da esquerda defender de forma intransigente a democracia e os direitos humanos e denunciar a Venezuela. Não tem como levar a sério a esquerda (nós mesmos) enquanto esta segue defendendo barbárie porque é "nossa" barbárie.

-

A Venezuela feat. PT conseguiu inventar a “pós-democracia”.

Meus amigos, isso daqui é grotesco.

PIXULECO PODE

Deixa eu ver se entendi.

Pixuleco pode (e pode).

Boneco de Lula e Dilma enforcados pode (e pode).

Mas imagem do Bolso decapitado não?

Esses fascistas são frágeis demais e, claro, como "bons" fascistas, mandam a polícia atrás dos críticos porque são incapazes de entender ironia, piada, protesto ou... que basicamente estão criminalizando aquilo que eles mesmos fazem. Quem tem o poder o exerce, quem tem a polícia a usa. Quem é fascista morrerá sendo fascista (se couber nossa torcida, rápido).

E de quebra é a Tchaka, um amor de pessoa que em tantos protestos em São Paulo eu encontrava. Todo apoio a ela!

---

Correção: O Diadorim, que postou a foto que irritou Carluxo no Instagram, é que está sendo processado. Como é óbvio, minha total solidariedade a ele. Esse absurdo não pode continuar.


Voltar


Comente sobre essa publicação...