Semana On

Quarta-Feira 14.abr.2021

Ano IX - Nº 438

Mato Grosso do Sul

Reinaldo Azambuja diz que é preciso sintonia na guerra contra o mosquito da Dengue

Governo entregou nesta semana 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti

Postado em 26 de Novembro de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Ao entregar 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti, no último dia 25, o governador Reinaldo Azambuja disse que é preciso sintonia da sociedade com o poder público na guerra contra o inseto transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

“Precisamos estar sintonizados para ter essa efetividade. Se não tivermos a consciência de que essa guerra só será vencida com a união de todos fica muito difícil. Fazemos as entregas, mas queremos pedir a colaboração da sociedade para que cada um olhe dentro de sua casa”, afirmou.

Com R$ 2,1 milhões do Fesa (Fundo Especial de Saúde), que é administrado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Governo de Mato Grosso do Sul comprou 420 equipamentos de borrifação de inseticidas para os 79 municípios do Estado.

As entregas iniciaram hoje por Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas - em evento restrito por causa da pandemia de coronavírus. Os demais municípios irão receber os equipamentos ao longo dos próximos dias.

“Esse é um ato simbólico e muito especial. São 420 máquinas novas sendo algumas cedidas e outras emprestadas aos municípios por um período de tempo para o combate à Dengue, Chikungunya e Zika. Nós queremos diminuir essa incidência dessas doenças em Mato Grosso do Sul”, destacou o secretário Geraldo Resende, da SES.

Mato Grosso do Sul hoje tem a segunda maior incidência de Dengue no Brasil, perdendo só para o Paraná. Conforme o último boletim epidemiológico da doença, publicado pela SES no último dia 18 de novembro, são 42 mortes confirmadas e 71.054 casos notificados somente neste ano.

“O mosquito transmissor está dentro das casas. 80% dos criadouros ficam nas residências. Se tivermos essa efetividade de fazer a pulverização para diminuir incidência com cuidado dentro de casa, em olhar acúmulo de água no vasinho de planta, na garrafa no fundo do quintal e em outros locais, vamos ter um grande resultado positivo para nós mesmos”, completou o governador Reinaldo Azambuja.

Secretário de Saúde de Corumbá e presidente do Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul), Rogério Santos Leite agradeceu o empenho do Estado no combate ao Aedes aegypti

“Quero agradecer o secretário Geraldo Resende e toda a equipe da SES que tem nos ajudado neste enfrentamento. Este é um trabalho que tem que ser feito em conjunto e convido a população de Mato Grosso do Sul para que separe 10 minutos para olhar a sua casa. Não basta o poder público agir, é preciso que todos participem", afirmou.

O secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, também participou das entregas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...