Semana On

Quinta-Feira 26.nov.2020

Ano IX - Nº 420

Cultura e Entretenimento

3 histórias reais na Netflix para celebrar o Dia da Consciência Negra

Confira dois filmes e uma minissérie que mergulham na vida de personagens inspiradores

Postado em 20 de Novembro de 2020 - Veja

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Marshall: Igualdade e Justiça

Grande ativista pelos direitos civis, o advogado Thurgood Marshall dedicou sua vida à luta pela igualdade racial nos Estados Unidos. Entrou para a história como o primeiro negro a servir na Suprema Corte, onde ficou entre os anos de 1967 e 1991. O personagem do título é vivido com carisma e maestria por Chadwick Boseman, conhecido por dar vida ao herói Pantera Negra. A trama segue um caso específico, em que Marshall busca provar a inocência de um homem negro acusado de estupro por uma mulher branca.

Barry

Antes de ser o carismático presidente dos Estados Unidos, Barack Obama era conhecido na juventude como Barry (vivido por Devon Terrel). O estudante que chega à Columbia University, em Nova York, no início da década de 1980, é um rapaz introspectivo e marcado por traumas da vida. É ali no ambiente fora do lar e entre poucos outros negros que Barry será forjado para se transformar no homem que chegará ao cargo de liderança mais importante do mundo. 

A Vida e a História de Madam C.J. Walker

Sarah Breedlove (1867-1919), vivida por Octavia Spencer, foi de lavadeira a empreendedora da indústria dos cosméticos, tornando-se a primeira mulher milionária dos Estados Unidos. A minissérie em quatro episódios acompanha a trajetória dramática da empresária, de órfã, filha de ex-escravos, passando por casamentos conturbados e subempregos, até ver no filão de produtos para cabelos afros uma porta de saída da pobreza.


Voltar


Comente sobre essa publicação...