Semana On

Sexta-Feira 24.nov.2017

Ano V - Nº 281

Gov Refis

Auau Miau

Meu cachorro pode dormir na cama comigo?

Saiba os prós e os contras.

Postado em 03 de Dezembro de 2014   - Redação Semana On

Eles adoram nossa caminha. Eles adoram nossa caminha.

Não há cachorro que negue o conforto de dormir na cama com seu dono, mesmo por algumas horinhas. É muito complicado para a maioria dos tutores de primeira viagem decidir se devem ou não dividir sua cama com sua pequena bolinha de pelos. Não existe uma resposta definitiva para este enigma. É basicamente uma questão de escolha, e esta escolha, uma vez sido feita, deverá ser para toda a vida, pois é complicado desacostumar um cachorro que dormia na cama com você desde o primeiro momento a não dormir mais.

Alguns especialistas em comportamento canino sugerem que cães que desfrutem da regalia de dormir em nossas camas estão mais predispostos a confundirem sua posição na hierarquia familiar, tornando-se cachorros “mal educados”.

Na realidade isso não está errado, mas tudo depende de como você trata seu cachorro e não do que você permite que ele faça. Comportamentos agressivos, para um proprietário que saiba se colocar no comando, serão sempre uma boa oportunidade de demonstrar liderança sob seu cão. Sendo assim uma forma de treinamento. Um dos comportamentos mais comuns de cachorros que dormem na cama com seus donos é “fazer a guarda” de quem dorme com ele, ou da pessoa em que ele é mais afeiçoado, no caso de cães que dormem com casais. Este comportamento, quando observado, deve ser reprimido imediatamente, pois caracteriza-se como um comportamento de um cão dominante.

Mais é importante ter em mente que seu cachorro é seu companheiro e não seu inimigo e se você deseja dormir com ele na cama, por que não? Afinal, tanto você quanto ele querem fazer companhia um ao outro.

Por que seu cachorro prefere sua cama?

Provavelmente por sua cama ser confortável, para estar mais perto de você e no inverno certamente é bem mais quentinho.

Agora, se você prefere dormir sem cachorro em sua cama, certifique-se que ele tenha uma cama confortável, o mais próximo possível de você e evite colocá-lo na cama ou mesmo sob o sofá enquanto ele for filhotinho. Fica complicado para a cabecinha do cachorro perder regalias conforme for crescendo.

Cachorros precisam de regras, são como crianças e você é o primeiro que não deve quebrá-las. Por exemplo, hoje seu cachorrinho tomou banho, está limpinho e você quer fazer um mimo, deixa que ele suba na cama. E amanhã quando não puder, como é que ele vai entender isso?

Meu filhotinho de cachorro pode dormir na cama comigo?

Proprietários mais experientes indicam que você permita seu cachorro em sua cama apenas depois de adulto. Quando são muito pequenininhos eles ficam sempre meio sujinhos, são desajeitados e acabam pisando onde não deviam, geralmente precisam fazer xixi várias vezes durante a noite e conforme vão crescendo, ficam bastante agitados devido a troca dos dentinhos. Nesta fase os cãezinhos roem tudo o que encontram pela frente e podem fazer uma boa bagunça em seu quarto. Portanto se você não puder disponibilizar tempo suficiente para ficar de olho em seu pequeno monstrinho, evite permitir que ele durma em sua cama enquanto ainda for um bebê.

O Cachorro precisa ter um bom comportamento na cama!

No caso de cães adolescentes, adultos ou idosos que sejam bem comportados, dormir junto com você na cama pode ser uma concessão caso você queira, mas para que seu cão não confunda as coisas e aja de forma equivocada, nunca permita que ele faça de seu espaço o que ele desejar, como cavar os lençóis ou mastigar os travesseiros. Quando seu cachorro desrespeitar as regras, deixe claro que ele perde o direito de deitar-se com você em sua cama, afinal este é o seu espaço e quem manda é você! Se você acabou de adquirir um cachorro e ele já for grandinho, aguarde algumas semanas antes de começar a permitir que ele suba em sua cama, mesmo que ele pareça bem comportado. Quando um cão vivencia uma experiência nova, necessita de algum tempo para se adaptar ao novo ambiente. É importante que vocês dois criem um relacionamento antes que você comece a permitir que ele tenha regalias como subir em sua cama.

O comando “desce”

Até cães bonzinhos, precisam saber respeitar você, sua cama é seu território e você é quem estipula as regras. Seu cãozinho precisa responder de forma positiva a todos seus comandos e um dos mais importantes em se tratando de um cachorro que tem a permissão de ficar em sua cama é o comando desce. Existem momentos em que você precisa que seu cachorro não esteja na cama com você e estes momentos apenas você poderá determiná-los. Para isso seu cão necessita compreender e responder prontamente ao comando que você estipular.

Para ensinar seu cachorro, uma dica é estender o braço, apontando para o chão, seguido do comando “desce”. Como em todo treinamento com reforço positivo, você no início poderá treiná-lo com algum petisco e depois de algum tempo, quando ele fixar o comando estará respondendo sem necessitar de recompensas.

Problemas

Quando você permite que um cachorro durma em sua cama, alguma situações indesejadas podem acabar acontecendo. Quando seu cachorro dorme com você em sua cama frequentemente, ele pode acabar compreendendo que este é o lugar dele, seu território, e esta confusão na mente do animal pode evoluir para algumas situações indesejadas.

Se por algum motivo, seu cão achar que você não está exercendo sua posição de liderança sobre ele, certamente as atitudes equivocadas dele, como desobediência, rosnar para outras pessoas que tentem deitar-se ou aproximar-se de sua cama, ou mesmo uma reação de teimosia, seguida de latidos e reclamações por parte do cachorro, lhe mostrarão que você perdeu o controle da situação e seu amado peludo não está lhe dando o devido respeito.

Se a situação entre vocês chegou a este ponto, pode ter certeza que ele agora enxerga sua cama como território dele e você precisa tomar uma atitude urgente. Mesmo que seu peludinho ainda aparentemente te respeite, que até desça da cama quando você mande, mas ele ainda assim, não admite que outros animais e pessoas se aproximem, estando você próximo ou ausente, saiba que este é um comportamento equivocado e “neurótico”, pois um cachorro que respeita a sua liderança, jamais poderá demonstrar uma atitude hostil a ninguém que se aproxime de você ou de sua cama e atitudes assim são claramente um desafio a sua posição de liderança.

Agora, se o seu cãozinho for pequenininho, também é importante observar que existe um risco eminente de você acabar rolando sobre ele podendo machucá-lo. E se ao contrário, ele for de grande porte, ele pode se movimentar na cama fazendo com que você não consiga dormir confortavelmente todos os dias.

Por outro lado, se você for alérgico a pelos de cachorro, você também deveria pensar duas vezes antes de permitir acesso à sua cama ao seu cachorro, pois ele vai deixar sua cama repleta de pelos e mesmo que ele seja muito limpinho, pelos não são nada recomendáveis para pessoas com problemas alérgicos. Neste caso, considere uma caminha para ele próximo a você, mas com uma certa distancia para que ambos fiquem confortáveis.

Isto é saudável?

Na verdade, se você pode permitir que seu cachorro durma próximo à você durante a noite, é uma boa forma de demonstrar para ele que você o considera parte da família, muitos bichinhos passam horas sozinhos em casa e dormir próximo a você certamente fará com que ele se sinta amado.

Infelizmente, deixar seu cão dormir em sua cama, pode acarretar em alguns problemas muito importantes para você. Muitos cães têm hábitos de sono que podem interromper o seu ciclo de sono, causando uma certa irritabilidade no dia seguinte. Cães, possuem um tipo de higiene diferente da nossa, e também podem fazer com que você tenha problemas de imunidade, devido ao excesso de proximidade, causando com o tempo alguma fragilidade ao seu organismo. Também seria errado obrigar seu cachorro a tomar banhos muito frequentes, apenas para que ele possa dividir a cama com você. Excesso de banhos são bastante prejudiciais para a pele do animal.

Os cães acabam carregando consigo alguns alérgenos expostos no ambiente. Querendo ou não seu cão necessita sair de casa para fazer suas necessidades, fazer exercício físico e brincar. E enquanto ele está lá fora, está exposto a uma série de coisas que podem causar alergia a você, como pólen de plantas, que pode ficar na pele dele, sendo posteriormente levado à sua cama.

Portanto é muito importante, antes de permitir que seu cachorrinho tenha permissão de desfrutar de sua companhia em sua cama, analisar todos os fatores envolvidos. Esta é uma decisão muito particular de cada um.

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...