Semana On

Quinta-Feira 29.out.2020

Ano IX - Nº 416

Cultura e Entretenimento

'Bacurau' pode concorrer ao Oscar de Melhor Filme em 2021

Premiado em Cannes, longa brasileiro se tornou a principal aposta de sua distribuidora nos EUA

Postado em 15 de Outubro de 2020 - Huffpost

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Bacurau, filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, vai disputar indicação nas principais categorias do Oscar 2021. A decisão foi tomada pela distribuidora americana do longa-metragem, a Kino Lorber.

Neste ano, a produção ficou fora da disputa pela estatueta de Melhor Filme Internacional. A comissão brasileira escolheu A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, para representar o País. O filme, no entanto, não ficou entre os finalistas. 

“Depois da vitória de Parasita e das crescentes reformas da Academia visando a uma internacionalização do prêmio, achamos bem provável que haja pelo menos um longa não americano indicado ao Oscar de Melhor Filme”, explicou Wendy Lidell, diretora executiva da Kino Lorber, ao jornal O Globo.

“Pretendemos que essa vaga seja de Bacurau”, afirmou. 

Para ser elegível ao Oscar, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood exige que filmes estrangeiros fiquem em cartaz em Los Angeles por pelo menos uma semana do ano vigente e que não tenham sido selecionados como finalistas no ano anterior. Bacurau estreou nos EUA em 6 de março deste ano, pouco antes da pandemia impor o fechamento dos cinemas.

“Tenho uma visão muito tranquila em relação a Oscar, a Cannes, a prêmios, enfim. Nunca me adianto, sempre espero o que vai acontecer com o filme, mas vou aonde ele for”, disse Kleber Mendonça Filho ao jornal.

Bacurau foi lançado em agosto de 2019 e teve enorme sucesso junto ao público e crítica. Grande vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Cannes, o filme também apareceu em várias listas de melhores produções da temporada.

A trama do longa, que tem Sonia Braga e o ator alemão Udo Kier no elenco, começa com a morte de Carmelita, uma ilustre moradora do pequeno vilarejo que dá nome do filme, situado no sertão nordestino. Pouco depois de os locais enterrarem a matriarca, começam a ocorrer coisas estranhas. Bacurau some do mapa, os celulares param de funcionar e até um disco voador é visto na região. Até que uma dupla de motoqueiros chega como o prenúncio de algo terrível. 

Atualmente, Bacurau está disponível no Telecine e YouTube (para alugar). 


Voltar


Comente sobre essa publicação...