Semana On

Sexta-Feira 30.out.2020

Ano IX - Nº 416

Campo Grande

Casal inicia projeto de limpeza e enche cinco sacos com lixos deixados em cachoeira de MS

Os namorados pretendem voltar todos os meses para limpar o local e o próximo passo será colocar uma placa de conscientização sobre os lixos, em Campo Grande

Postado em 15 de Setembro de 2020 - Débora Ricalde - G1MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Indignados pela quantidade de lixo deixados na natureza, o casal de namorados Igor e Fabiano decidiram criar um projeto "Limpa Céu e Terra" para recolher esses dejetos e preservar um dos principais locais de banho de Campo Grande. A ação aconteceu no último dia 10, no Céuzinho, uma cachoeira localizada a 15 km da capital.

O professor de inglês Igor Kudo, de 34 anos, contou que a iniciativa surgiu depois de visitar o local pela segunda vez. "Na primeira vez não passei muito dos limites da primeira grande queda d'água, já dessa vez eu andei até a usina velha e me encantei/decepcionei".

Já o estilista Fabiano Torino, de 27 anos, informou que foram recolhidos cinco sacos cheios de 100 litros, na maioria contendo garrafas de cerveja long neck, latas de cerveja, algumas garrafas pet, embalagens plásticas, par de calçados perdidos, peças de roupa e até pedaços de caixas de isopor.

Ainda de acordo com Igor, essa ação vai muito mais além do que uma simples limpeza, a dupla pretende, através de postes nas redes sociais, conscientizar a população e contar cada vez mais com a ajuda de todos para preservar essas áreas de lazer.

"Sou professor, e digo que nem na educação existem medidas efetivas nessa questão de preservação. Nós ainda patinamos em uma prática conteudista que não prepara as pessoas para a cidadania ou formação ética e o resultado, é uma população com um discurso vazio sobre preservação ambiental ou pensamento social", diz.

Os namorados disseram ainda que vão continuar com o projeto e pretendem, pelo menos uma vez ao mês, voltar ao local para a coleta e que o próximo passo vai ser criar placas de conscientização no local, orientando os usuários a levarem o lixo embora.

"Os stories sobre o projeto foram fixados como uma pasta de destaque, quero continuar a ação uma vez por mês e desenvolver mais projetos ambientais e sociais", finaliza.


Voltar


Comente sobre essa publicação...