Semana On

Quarta-Feira 16.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Mato Grosso do Sul

Três Lagoas inicia campanha de vacinação contra Polio neste sábado

Crianças de seis meses a menores de cinco anos devem ser vacinadas.

Postado em 07 de Novembro de 2014 - Redação Semana On

Sábado é Dia D contra a Polio em Três Lagoas. Sábado é Dia D contra a Polio em Três Lagoas.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, participa da Mobilização Nacional da Campanha de Vacinação contra a Poliemielite, o chamado “Dia D” contra a paralisia infantil, neste sábado (8), das 8h às 17h.

Pais ou responsáveis de crianças, de 6 meses a menores de 5 anos de idade, devem procurar a Unidade de Saúde (Posto), mais perto de sua residência ou nos locais móveis, anunciados pela Secretaria Municipal de Saúde, para a vacina contra a Polio.

No “Dia D” da Campanha, todas as Unidades de Atenção Básica de Saúde estarão atendendo à população, das 8h às 17h, somente para a vacinação contra a poliomielite.

Também no “Dia D” da Campanha contra a Poliomielite, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou equipes móveis de vacinação, que estarão atendendo à população em sete locais da Cidade, em horários específicos, conforme relação divulgada no cartaz da Campanha .

É importante que os pais ou responsáveis levem consigo a Carteira de Vacina das crianças para as devidas anotações e controle obrigatório do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde.

Poliomielite

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990. Desde então, não houve novos casos registrados e, em 1994, o país recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus.

No entanto, a continuidade das campanhas de vacinação é fundamental para evitar a reintrodução da doença no País, uma vez que dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) demonstram que, entre 2013 e 2014, dez países registraram casos da doença e três deles são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão).

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores.


Voltar


Comente sobre essa publicação...