Semana On

Quarta-Feira 21.out.2020

Ano IX - Nº 415

Coluna

Jair Bolsonaro cogita ter Tereza Cristina de vice em 2022, diz imprensa de Brasília

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 12 de Agosto de 2020 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

De olho na reeleição em 2022, o presidente Jair Bolsonaro quer evitar uma união dos partidos de centro em palanque oposto e, nesse sentido, estaria cogitando oferecer a vaga de vice na chapa à ministra Tereza Cristina, da Agricultura. "Ela surgiria como o símbolo do setor econômico que segurou firme o país em plena pandemia. De quebra, o Planalto trava o jogo do DEM, partido que hoje se divide entre o governo e aqueles que preferem um certo distanciamento. Além de Tereza, os bolsonaristas olham com muita atenção para a Bahia, estado governado pelo PT e terra do presidente do partido, ACM Neto, atual prefeito de Salvador. Acreditam que, se apoiarem o DEM por lá, ganham mais um aliado para o futuro", diz o blog da Denise Rothenburg, no Correio Braziliense. A colunista diz ainda que tem 'bolsonarista tão empolgado com a ministra Tereza Cristina, que a chama de 'Marco Maciel de saias'", em alusão ao vice no governo de FHC que, lembra, "era leve, paciente e do diálogo". "Obviamente, a esta altura do campeonato, nada está combinado e o cenário da eleição não está posto. É apenas o segundo passo possível para tentar evitar que o centro da política tenha força longe de Bolsonaro em 2022", acrescenta a Denise, em seu blog.



Advogado vende peixe querendo fisgar vaga de vereador em Campo Grande

De olho em uma vaga de vereador nas eleições deste ano em Campo Grande, o advogado Ilmar Renato Fonseca (Mamão), filiado ao PT que ficou conhecido por participar do Big Brother da Globo e também é cozinheiro nas horas vagas, está vendendo peixe, literalmente, para bancar a pré-campanha. Em mensagem aos contatos via WhatsApp, o Ilmar anuncia: "Peixe do Mamão. Delicioso pacu assado na brasa, recheado com farofa de banana. Entregue na sua casa quentinho na hora do almoço de domingo. Ajude na minha pré-campanha à vereador em Campo Grande e saboreie um delicioso peixe recheado. Apenas 60 reais. Taxa de entrega inclusa. Todo domingo! Pedidos até sábado, 17h. Contatos 067 981163059 / 067 992534959."

Nelsinho filma local da explosão em Beirute: 'A devastação é impressionante'

"A devastação é impressionante. Parece que estourou uma bomba atômica aqui", disse o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) em vídeo postado hoje nas redes sociais que gravou em Beirute, no local da explosão que matou mais de 150 pessoas e deixou mais de 3 mil feridas na cidade. Nelsinho faz parte da missão de ajuda do governo brasileiro que seguiu ontem para o Líbano, chefiada pelo ex-presidente Michel Temer, a convite do presidente Jair Bolsonaro. No vídeo, Nelsinho também mostra prédios derrubados e outros em ruínas no entorno do local da explosão onde funcionava "o único silo" que estocava grãos no país. "Arrebentou tudo, não sobrou nada", diz. No fim da gravação, o senador mostra o por do sol e afirma: "O sol tá se pondo aqui, na certeza que tudo isso será reparado". Veja vídeo.

Ministério da Justiça entrega a Nelsinho relatório sobre opositores do governo

Depois de a existência de um suposto dossiê sobre opositores do governo Jair Bolsonaro, 579 servidores identificados com o movimento antifacista revelada pelo site UOL no mês passado, o ministro da Justiça, André Mendonça, que antes se recusava a mostrar o relatório, se antecipou na tarde de hoje e enviou ao Congresso cópia do material que foi entregue ao presidente da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI), senador Nelsinho Trad (PSD-MS), antes que o órgão fizesse uma solicitação. Em nota, a pasta também informou que determinou que a Polícia Federal abra um inquérito para investigar o vazamento do "dossiê".

Em vídeo, o senador Nelsinho Trad afirma: "Recebi hoje através do Ministério da Justiça a cópia de um CD, que tem um assunto totalmente reservado, que é o relatório a respeito dessa situação que foi levantada pela imprensa. Existe um rito de confidenciabilidade a ser seguido, nós temos que assinar um documento garantindo esse quesito reservado, e vamos promover um encontro da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência na próxima terça-feira para explicar aos demais membros esse rito, e disponibilizar pra quem quiser, da comissão, o devido CD com as questões ali pertinentes". Veja o vídeo.

Projeto que antecipa feriados para segunda-feira avança no Congresso

Feriados nacionais que caírem entre terça-feira e sexta-feira poderão ser antecipados para segunda-feira, conforme projeto que já passou pelo Senado e está em análise na Câmara. Relator da matéria, o deputado federal Beto Pereira (PSDB-MS) acredita que em dez dias poderá emitir seu relatório para o que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), possa colocar a proposta na pauta, que poderá ser votada em regime de urgência. O texto do Senado prevê que alguns feriados não sofreriam alterações, como o Natal, o sete de setembro e o carnaval. Beto Pereira disse ontem à BandNews que está ouvindo vários segmentos, explicou que o setor de turismo que a princípio resistia, já admite a mudança, e acredita que isso possa favorecer na competitividade empresarial do Brasil. Um dia não trabalhado, afirmou, significa R$ 29 bilhões que deixam de ser somados ao PIB. A ideia é "abolir essas pontes" criadas, por exemplo, quando um feriado cai na quinta-feira e o poder público "emenda" com o fim de semana. Veja o vídeo.

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...