Semana On

Quarta-Feira 16.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Mato Grosso do Sul

Dourados reforça sinalização da Marcelino

Obras têm previsão de conclusão para o dia 10 de dezembro.

Postado em 31 de Outubro de 2014 - Redação Semana On

O trabalho deve terminar até dia 10 de dezembro, quando o comércio da área central passa a abrir em horário especial. O trabalho deve terminar até dia 10 de dezembro, quando o comércio da área central passa a abrir em horário especial.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Dourados, através da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) está refazendo a sinalização horizontal de quase toda extensão da Avenida Marcelino Pires.  O trabalho deve terminar até dia 10 de dezembro, quando o comércio da área central passa a abrir em horário especial.

De acordo com o diretor-presidente da Agetran, Nelson Almirão, o objetivo é refazer toda a pintura a partir da Rua Aziz Rasselen até a Rua Dom João VI (nas proximidades do Ubiratan).  No segundo semestre deste ano, a pintura da sinalização foi renovada em um trecho da Marcelino Pires, quando também foi feita a pintura da ciclofaixa para ser utilizada aos domingos. Mas segundo Nelson Almirão, neste trecho a pintura também deverá ser refeita.

A intenção também é refazer a pintura das faixas de sinalização nas ruas Joaquim Teixeira Alves e Weimar Torres. “Tudo isso visa melhorar o aspecto da cidade neste fim de ano, além de proporcionar mais segurança no trânsito, já que com o tempo a pintura das faixas vai se

Com a conclusão do recapeamento em várias ruas este ano, o prefeito Murilo determinou que fossem feitas as pinturas das faixas de sinalização horizontal, como nas ruas Presidente Vargas e na Monte Alegre, por exemplo.

De acordo com Nelson Almirão mesmo que venha chover, e o serviço atrasar, o trabalho de pintura deverá ficar pronto até dezembro. Ele lembra que é um trabalho complexo, pois na Avenida Marcelino Pires tem uma série de detalhes na sinalização que deve ser respeitada conforme o CBT (Código Brasileiro de Trânsito), como por exemplo, a faixa de pedestres, a ciclofaixa, as faixas contínuas, tracejadas, as de ‘pare’, setas, símbolos, entre outras.


Voltar


Comente sobre essa publicação...