Semana On

Terça-Feira 11.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Mato Grosso do Sul

Wetlands International Brasil promove webinários sobre conservação e territórios de vida

Quatro webinários serão transmitidos online em julho e agosto

Postado em 10 de Julho de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com objetivo de difundir os conceitos de conservação inclusiva e TICCA – territórios de vida, uma série de quatro webinários serão transmitidos por videoconferência. Cada um destes seminários terá duração de uma hora e contará com dois convidados que discorrerão sobre um tema.

Os webinários são promovidos pela Wetlands International Brasil, em parceria com a Mupan – Mulheres em Ação no Pantanal, Consórcio TICCA, e Rede de Jovens Líderes em Áreas Protegidas e Conservadas da América Latina e Caribe (Rellac-Jovem). Eles são gratuitos e quem tiver interesse pode se inscrever por este link. As transmissões serão feitas pelo ZOOM e o link é disponibilizado no ato da inscrição.

Durante os seminários online será apresentado o Consórcio TICCA, enfatizando seus objetivos, estruturas e estratégias; serão elucidadas as oportunidades e desafios oriundos do autorreconhecimento de territórios como TICCA – territórios de vida na América Latina e, em especial no Brasil; enfatizarão a articulação dos jovens dentro do consórcio para a promoção e difusão dos conceitos; discutirão as interseções entre a conservação inclusiva e o conceito TICCA com o Acordo de Escazú; além de destacarem as interações entre as lutas locais vivenciadas nos TICCA e as metas globais de conservação da natureza.

"No Brasil ainda é pouco falado sobre TICCA e conservação inclusiva. Queremos expandir esses conceitos, o papel da Mupan como ponto focal e o que está sendo feito pela organização sobre o tema", enumera Lilian Ribeiro, coordenadora de assuntos ligados aos povos indígenas e comunidades tradicionais da Wetlandas International Brasil e membro do Consórcio TICCA.

Apesar de ser aberto ao público, os organizadores querem que as transmissões cheguem principalmente a representantes de comunidades indígenas e locais, além de organizações representativas e conservacionistas que atuam diretamente com essas comunidades. "Nosso objetivo com esta série de webnários é refletir a partir de diferentes olhares sobre como o autorreconhecimento por comunidades indígenas e locais como TICCA - territórios de vida pode ser estratégico na defesa e florescimento contínuo destes territórios no Brasil", afirma Luciano Régis Cardoso, membro da Rellac-Jovem.

Webinários

O primeiro webinário (15/07) tratará do tema "TICCA – Territórios de Vida e Conservação Inclusiva – conceitos e experiências no Brasil". Abordará o que é um TICCA – territórios de vida, o que o conceito de Conservação Inclusiva pretende, quais as oportunidades e desafios para os povos indígenas e comunidades locais oriundos do reconhecimento de territórios como TICCA – Território de Vida no contexto brasileiro, entre outros assuntos. Foram convidados para debater os temas: Rafaela Danielli Nicola, diretora executiva da Wetlands International Brasil e membro do Consórcio TICCA, Damião Moreira, representante do quilombo Kalunga, primeiro território autorreconhecido como TICCA no Brasil, Carmem Miranda, coordenadora regional do Consórcio TICCA para a Amazônia e Iara Vasco, analista ambiental do ICMBIO.

O segundo, no dia 22/07, será sobre "Jovens em defesa dos TICCA – territórios de vida"; o terceiro, no dia 29/07, debaterá "Territórios de vida e justiça ambiental: lutas locais, agendas globais"; e o último, que acontece no dia 05/08, trará à discussão "Territórios de vida e o Acordo de Escazú: interseções e oportunidades". Para mais informações acompanhe a Wetlands International Brasil nas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter).

Consórcio Ticca

O Consórcio ICCA ou TICCA (Territórios de Comunidades Indígenas e Tradicionais Conservadas) foi oficialmente estabelecido na Suíça em 2010 como uma Associação Internacional sob o Código Civil Suíço. É uma organização da sociedade civil baseada em membros, apoiada por um secretariado internacional semi-voluntário baseado em vinte e dois países.

É composto por organizações locais, nacionais, regionais e internacionais de povos indígenas e comunidades locais que trabalham para assegurar e manter seus territórios e recursos naturais reconhecidos e seguros através de controle e conservação da própria comunidade que habita nessas áreas.

Esse ano está comemorando 10 anos de existência e para celebrar seu aniversário, neste mês de julho, em diversos países e aqui no Brasil, foi instituído o mês dos territórios de vida, para que haja mais discussões sobre este tema. Para mais informações acesse o Espaço TICCA Brasil.


Voltar


Comente sobre essa publicação...