Semana On

Quinta-Feira 06.ago.2020

Ano IX - Nº 404

Mato Grosso do Sul

Comerciantes protestam e prefeitura de Dourados altera decreto para bares e conveniências

Município está entre os m ais atingidos pela covid-19 em MS

Postado em 09 de Julho de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Comerciantes e donos de academias se reuniram no último dia 9, em Dourados, a 229 quilômetros de Campo Grande, para protestar contra o decreto publicado na quarta (8), que fechava bares, conveniências e academias por 10 dias no município, a partir desta sexta (10). A mobilização foi organizada por meio de redes sociais e realizada em frente ao Centro Administrativo Municipal.

Com a pressão dos empresários, a prefeitura de Dourados recuou, e alterou o decreto, liberando o funcionamento de bares e conveniências apenas por meio de delivery (serviço de entrega a domicílio) ou drive-thru (retirada dos produtos no local, sem necessidade de desembarque do veículo). Não houve alteração no decreto sobre as academias, que deverão ser fechadas a partir desta sexta até o próximo dia 20 de julho. A Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária de Dourados devem realizar as fiscalizações.

Dourados tenta realizar medidas mais restritivas para prevenção da Covid-19, pois é o segundo município mais afetado pela doença em Mato Grosso do Sul, com 3.220 casos. A cidade, que já foi considerada o epicentro do coronavírus no estado, permanece sendo a que mais registrou óbitos pela doença, com 38.

De acordo com Mariana Croda, infectologista e membro do Comitê de Operações de Emergências (COE) da Secretaria de Estado de Saúde, "o fato da cidade não ter adotados medidas restritivas mais severas ou até mesmo o lockdown foram fatores que propiciaram o aumento dos casos".

Durante a semana, o governador Reinaldo Azambuja, juntamente com os secretários de Estado, Eduardo Côrrea Riedel (Segov) e Geraldo Resende (Saúde), reuniram-se com o novo secretário de saúde municipal, Gecimar Teixeira, no intuito de estabelecer demandas de combate ao coronavírus no município de Dourados

No encontro realizado no último dia 8, na Governadoria, foi debatida a importância da rápida tomada de decisões diante do avanço da doença na cidade. Para Riedel, o caminho mais assertivo para diminuir impactos na saúde e na economia do município é o diálogo.

“O Governo está aberto ao diálogo com todos os municípios e está acompanhando de perto a situação de Dourados, que hoje ocupa o preocupante segundo lugar no ranking de maior número de casos no Estado. A união é o que fará diferença no combate à pandemia”, ressaltou o secretário destacando ainda iniciativas importantes como os postos de fiscalização sanitária, o drive-thru e ampliação de leitos, entre outras.

“A reunião foi produtiva, falamos sobre o apoio do Organização Pan Americana de Saúde (Opas) e da organização de vigilância. O governador e os secretários apresentaram apoio à nossa cidade, além de algumas orientações e sugestões, deixando claro que não vão determinar mas sim sugerir medidas. Riedel enfatizou que, semanalmente, nos enviará os relatórios com as recomendações do Programa de Segurança e Saúde (Prosseguir). Assumo o cargo com muita vontade, até porque já tive a doença e como médico já trabalhei na linha de frente. Preciso de todo apoio possível”, ressaltou Teixeira.

Também participaram do encontro, a secretária adjunta de Estado de Saúde, Christinne Maymone, e o assessor especial da Prefeitura de Dourados, Alexandre Mantovani.

Ações

A administração municipal já havia restringido o horário do comércio, proibido a abertura de Igrejas e realização de reuniões particulares desde junho.

As medidas se juntam em um novo momento na Secretaria de Saúde de Dourados. A então secretária Berenice de Oliveira Machado, foi exonerada no dia 7. Gecimar Teixeira Júnior foi anunciado como o novo nome para o cargo. Diretor técnico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, ele recentemente se recuperou do coronavírus depois de ficar vários dias internado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...