Semana On

Sábado 08.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Coluna

Zen para distraídos

Livro de Monja Coen e Nilo Cruz que nos auxiliam a manter o equilíbrio mental em um amplo mundo de distrações

Postado em 01 de Julho de 2020 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Desde o início do ano nos deparamos com um cotidiano diferente, inconstante e repleto de distrações. Os trabalhos que antes desenvolvíamos em escritórios, escolas e ambientes corporativos foram ajustados para a modalidade Home Office e pelo simples fato de estar em casa, a concentração disputa espaço com parentes, vizinhos, animais de estimação e as redes sociais que agora são um grande auxílio ao aproximar as pessoas que estão longe.

Eu até consegui equilibrar a situação nas primeiras semanas, porém, depois de um, dois, três meses nesse tipo de modalidade o ciclo das atividades passou a envolver todo o meu cotidiano, não existem mais os horários de almoço e a realização de atividades e atendimento as pessoas agora se estende até altas horas da noite.

Percebi que toda essa situação, além de proporcionar um grande desgaste mental, acabou prejudicando o meu foco e atenção as demandas e foi nesse instante, com uma sugestão de leitura pela plataforma Skeelo para o mês de junho que iniciei o livro Zen para distraídos. Eu já li outros livros de Monja Coen e eu particularmente aprecio a maneira como ela conduz as zalavras para uma leitura calma e equilibrada.

A forma como o livro aplica de forma clara algumas técnicas do budismo, permite expandir a sensação de bem-estar e conciliar todos os fundamentos com um pouco de meditação ajuda a colocar os pensamentos em ordem e a diminuir os processos de estresse e principalmente ansiedade.

Sabemos que os tempos andam complicados, mas isso não significa que você também tenha que complicar a sua vida. Por sorte, depois do início da leitura e da realização de alguns exercícios, consegui aproveitar mais do meu cotidiano e a realizar as demandas com mais atenção, qualidade e agilidade. Espero que todos possam apreciar as sábias palavras de Monja Coen e nos encontramos na próxima semana. Um grande abraço para todos.


Voltar


Comente sobre essa publicação...