Semana On

Quarta-Feira 21.out.2020

Ano IX - Nº 415

Campo Grande

Campanha de vacinação contra a Gripe segue até dia 30 nas 71 unidades de saúde da Capital

Campanha de vacinação contra o Sarampo também está em andamento

Postado em 16 de Junho de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A campanha de vacinação contra a Gripe segue até o dia 30 de junho nas 71 unidades básicas e de saúde da família de Campo Grande. Aproximadamente, 47 mil pessoas ainda precisam se imunizar, conforme o serviço de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Até a última terça, foram imunizadas mais de 211 mil pessoas pertencentes aos grupos elegíveis, o que representa a taxa de cobertura de 81,36%. A meta definida pelo Ministério de Saúde é de 90%, estimada no município de Campo Grande em 251,612 pessoas, portanto restando ainda 47.079 para serem vacinadas, ou o equivalente a pouco menos de 9%.

Trabalhadores da saúde, idosos acima de 60 anos e população provada de liberdade já ultrapassaram a meta de 100%. Porém, gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29) e adultos entre 55 e 59 apresentam índices de cobertura inferiores a 45%, assim como funcionários do sistema prisional e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A meta é imunizar 65.568 crianças, no entanto até o momento foram 29.174, o que representa uma cobertura de 44,49%, restando ainda 36.394 para serem vacinadas.

A vacinação contribui para a redução das complicações, das internações e, consequentemente, da mortalidade decorrente das infecções pelos vírus da gripe, nos grupos-alvo definidos, em especial frente a situação que o país enfrenta com a pandemia de coronavírus (Covid-19), considerando ainda o aumento expressivo nos casos de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs) registro no município neste no.

Sarampo

O público alvo da campanha de Sarampo são pessoas de 20 a 49 anos de idade, independente de já possuir alguma dose do imunobiológico no cartão de vacinação. Por se tratar de dose de rotina, ou seja, supõe-se que toda a população esteja vacinada, não é estipulada uma meta para esse público. 

Essas campanhas acontecem ao mesmo tempo devido ao surto de sarampo que acontece no país e à pandemia do novo coronavírus. Campo Grande registra (até o último dia 16) cinco casos confirmados de sarampo e 37 de influenza. 

Até o momento, apenas 4.404 pessoas estiveram nas unidades para tomar a tríplice viral, que protege contra o sarampo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...