Semana On

Sexta-Feira 25.set.2020

Ano IX - Nº 411

Viver bem

Tomar entre 1 e 4 xícaras de café coado por dia faz bem ao coração

Segundo pesquisadores suecos, o filtro impede que substâncias que aumentam o colesterol passem para a bebida, diminuindo o risco cardiovascular

Postado em 19 de Maio de 2020 - Galileu

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O café é uma das bebidas mais populares do mundo. Há quem tome apenas no café da manhã e também ao longo do dia para espantar o sono. Além disso, são diferentes os tipos de preparo da bebida: em cápsula, coado, na prensa francesa e expresso. Mas, segundo a ciência, o coado — ou filtrado — é o mais saudável, até mesmo para o coração.

É o que aponta um estudo publicado na European Journal of Preventive Cardiology, revista científica da Sociedade Europeia de Cardiologia. Em nota, o professor Dag S. Thelle, da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, afirma que o café não filtrado contém substâncias que aumentam o colesterol no sangue. "Usar um filtro remove essas substâncias e reduz a probabilidade de um ataque cardíaco ou de morte prematura", ressalta Thelle.

Segundo a equipe de pesquisadores, uma xícara de café filtrado tem 30 vezes menos substâncias lipídicas quando comparadas com aquelas que foram preparadas por outros métodos.

Para chegar aos resultados, os cientistas analisaram os hábitos de tomar café de 508.747 homens e mulheres saudáveis, ​​com idades entre 20 e 79 anos, entre 1985 e 2003. Os participantes — todos noruegueses — responderam a um questionário contando quanto e que tipo de café consumiam, e foram acompanhados por quase 20 anos. Nesse período, 46.341 participantes morreram, dos quais 12.621 foram por alguma doença doença cardiovascular e 6.202 por um ataque cardíaco.

Analisando a saúde dos voluntários com seus hábitos alimentares, os estudiosos notaram que o consumo de café filtrado está associado a um risco 15% menor de morrer por qualquer causa. Quando se trata do coração, a bebida diminuiu a probabilidade de morte questões cardiovasculares em 12% nos homens e 20% nas mulheres, em comparação a quem não toma qualquer tipo de café. A menor mortalidade se mostrou em quem ingere entre 1 e 4 xícaras de café coado por dia. 

De acordo com o professor Thelle, os café não filtrados não aumentaram o risco de morte — exceto em homens acima de 60 anos, entre os quais esses cafés demonstraram maior risco de morte por doenças cardiovasculares. 

"Para as pessoas que sabem que têm níveis elevados de colesterol e querem fazer algo a respeito, fique longe de bebidas não filtradas, incluindo café feito com uma cafeteira. Para todos os outros, tome seu café com a consciência limpa e tente filtrar", afirma Thelle.


Voltar


Comente sobre essa publicação...