Semana On

Domingo 31.mai.2020

Ano VIII - Nº 395

Campo Grande

Após pandemia do coronavírus, novo Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei

Com quadra, arquibancada, sistema elétrico e teto prontos, o ginásio passa por ajustes finais para ser entregue

Postado em 07 de Maio de 2020 - Redação Semana On

Secretário Carlos Alberto de Assis (centro) visitou Guanandizão nesta quarta-feira (6) com Rodrigo Terra (esquerda) e Marcelo Miranda (direita) Secretário Carlos Alberto de Assis (centro) visitou Guanandizão nesta quarta-feira (6) com Rodrigo Terra (esquerda) e Marcelo Miranda (direita)

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em obras desde o ano passado, o Ginásio Avelino dos Reis, o Guanandizão, vai receber jogos internacionais de vôlei quando passar a pandemia do novo coronavírus. As datas de disputa ainda não são certas, mas a garantia de que o complexo esportivo está na rota dos grandes eventos com seleções mundiais foi dada pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Antes da crise mundial de saúde, o Guanandizão seria inaugurado em julho deste ano com disputas de vôlei entre as seleções de Brasil, Alemanha, Itália e Rússia. Agora, Governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande estudam a melhor data de entregar a reforma e adequação. A expectativa é de que a obra seja finalizada em junho e inaugurada em 26 de agosto, no aniversário da Capital.

“Aqui foram investidos aproximadamente R$ 2 milhões – compromisso do governador Reinaldo Azambuja com o desporto de Campo Grande. Se não fosse essa pandemia, no próximo dia 20 de junho estaríamos inaugurando com jogos da Liga das Nações de Voleibol. Mas não tem problema. Vamos aguardar a reabertura dos campeonatos para fazer essa grande entrega”, explicou o secretário especial de Gestão Política do Governo do Estado em Campo Grande, Carlos Alberto de Assis. 

Evento adiado

O adiamento do início da Liga das Nações para depois dos Jogos Olímpicos de Verão foi anunciado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês). Apesar de o mundo não saber quando os grandes eventos esportivos serão retomados, Mato Grosso do Sul tem da CBV a certeza da realização de jogos no Guanandizão. “Temos convênio assinado e recurso mantido. Está tudo certo”, falou o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer do Estado (Fundesporte), Marcelo Miranda.  

E os jogos de vôlei não serão as únicas atividades realizadas no Guanandizão, conforme explicou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande (Funesp), Rodrigo Terra. “ É um ginásio poliesportivo. A gente pode realizar qualquer tipo de modalidade, em especial as coletivas, com a quadra oficial, como voleibol, futsal, basquete e handebol, mas também podemos ter esportes individuais, como judô e ginástica. Isso tudo além dos eventos culturais”, destacou.

Obras de adequação

Com quadra, arquibancada, sistema elétrico e teto prontos, o Guanandizão passa por ajustes finais para ser entregue. Também já foram recuperados a parte hidráulica, vestiários, alojamentos, banheiros e pintura, além de terem sido concluídas melhorias para garantir acessibilidade e segurança. Agora, está em andamento a reurbanização externa da praça esportiva: alambrado, calçada, pista de caminha e paisagismo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...