Semana On

Segunda-Feira 21.set.2020

Ano IX - Nº 411

Campo Grande

Para evitar aglomerações Hemosul disponibiliza telefones para doador agendar coleta

A demanda por sangue nos hospitais públicos e privados continua

Postado em 28 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mesmo diante de todas as restrições e adesão de hábitos na rotina do brasileiro para enfrentar o novo coronavírus, a demanda por sangue nos hospitais públicos e privados continua. Quem faz o alerta é a coordenadora do Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul (Hemosul), Marli Vavas.

“Precisamos de um número adequado de doadores diariamente. Porque a dengue continua, todos os tratamentos que usam plaquetas continuam, os pacientes continuam sendo internados por outras patologias”, destaca.

Entre as medidas adotadas pelo Hemosul para prevenir o contágio da Covid-19 está o agendamento da coleta de sangue. Além da doação espontânea, essa é mais uma alternativa para quem está apto a doar e tem consciência da importância de continuar ajudando na reposição dos estoques da unidade. “Com o agendamento conseguimos gerenciar o fluxo de pessoas para evitar a aglomeração”.

Na Capital o agendamento pode ser feito pelo telefone fixo (67) 3312-1516 / (67) 3312-1529 ou pelo número (67)99848-3035 exclusivo para whatssap, ou seja, não recebe chamadas. No interior do Estado, o agendamento pode ser feito direto nos telefones fixos de cada unidade.

Para garantir a segurança dos doadores o Hemosul redobrou os cuidados e está seguindo todos os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde. Além da higienização frequente dos ambientes, e de materiais de uso coletivo como canetas e pranchetas, o Hemosul delimitou espaçamento entre as cadeiras da sala de espera para que haja distanciamento mínimo de 1 metro entre os doadores.

Estoque baixo

Doadores de todas as tipagens sanguíneas são bem-vindos na unidade, mas no último sábado (25.4) a unidade acendeu o alerta vermelho para os estoques de sangue dos tipos O positivo e O negativo.

A gestora explica o motivo da necessidade frequente dessa tipagem. “São os sangues que temos mais dificuldades de manter, pois são os que mais utilizam. Mas todos os tipos são bem-vindos pois também produzimos plaquetas que tem duração de apenas 5 dias”, destaca Marli.

Funcionamento

O Hemosul Coordenador, na avenida Fernando Correa da Costa, em Campo Grande, continua atendendo normalmente no período de pandemia: de segunda a sexta, das 7h às 17h e aos sábados das 7h às 12h.

Informações como horário de funcionamento e endereço das unidades do interior do Estado, bem como critérios para doar sangue, estão disponíveis no site do Hemosul.


Voltar


Comente sobre essa publicação...