Semana On

Terça-Feira 29.set.2020

Ano IX - Nº 412

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul registra 213 casos confirmados de coronavírus e monitora 21 suspeitos

Das 186 pessoas que contraíram a doença no Estado 102 já estão curadas – o que representa 54,8% dos pacientes

Postado em 24 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com mais 27 exames positivos para coronavírus (Covid-19), o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 213. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) monitora outros 21 casos suspeitos.

Dos 213 casos confirmados, 84 estão em isolamento domiciliar, 102 já finalizaram a quarentena e estão sem sintomas. 20 estão internados, sendo dez em hospitais públicos e dez em hospitais privados. Foram registrado sete óbitos.

Das 636 amostras coletadas no Drive-Thru Covid-19 em Campo Grande, 617 deram negativo e 19 deram positivo.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 1.989 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 1.734 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19 e 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

Os 21 casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. O Lacen/MS realiza os exames para Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os resultados ficam prontos entre 24h a 72 horas, após o recebimento das amostras.

O trabalho dos profissionais de saúde, aliado à estruturação dos sistemas de atendimento, tem contribuído para a cura de pacientes infectados pelo vírus. Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, das 186 pessoas que contraíram a doença 102 já estão curadas – o que representa 54,8% dos pacientes.

Semagro conclui entrega de máscaras e respiradores doados pela Suzano

O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), concluiu na quinta-feira (23) a entrega das máscaras hospitalares e respiradores adquiridos pela indústria Suzano e doadas à administração estadual e municípios para o auxiliar no trabalho da rede pública de saúde no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

O prefeito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara e o prefeito de Selvíria, José Fernando Barbosa vieram pessoalmente a Campo Grande e receberam do secretário Jaime Verruck, da Semagro, 1000 máscaras hospitalares cada um.

No dia 18 de abril, 9 mil máscaras hospitalares e 7 respiradores HXZ (invasivos) foram entregues a Secretaria Estadual de Saúde. Outras 4 mil máscaras e 8 respiradores foram doados à prefeitura de Três Lagoas. Entre quarta-feira (22) e quinta-feira (23), os prefeitos de Brasilândia, Antônio de Pádua; de Água Clara, Edvaldo Alves de Queiroz; de Ribas do Rio Pardo, Paulo Tucura; de Santa Rita do Pardo, Cacildo Pereira, também vieram a Campo Grande e receberam, cada um, 1000 máscaras hospitalares para os seus municípios.

Ao todo, a Suzano doou 15 respiradores e 20 mil máscaras N95 ao Governo do Estado e 8 prefeituras municipais para o reforçar a rede de atendimento e combate ao novo coronavírus. A ação foi articulada pelo Governo do Estado por meio da Semagro com a Suzano.

“A Suzano é uma indústria parceira de Mato Grosso do Sul, que rapidamente atendeu uma demanda urgente do Estado em relação aos equipamentos de saúde, além de tomar decisões importantes como não demitir seus colaboradores e terceirizados ações importantes neste momento de pandemia do coronavírus. Estamos providenciando estrutura logística para que os produtos e equipamentos cheguem ainda esta semana no Mato Grosso do Sul”, afirma o secretário Jaime Verruck.

Governo recebe mais de 10 mil testes

Para auxiliar no combate ao coronavírus, o Governo recebeu mais de 10.080 testes RT PCR, de biologia molecular, para diagnóstico da doença.

O material veio do Rio de Janeiro, graças à união de esforços entre a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, e a Casa Militar do Governo do Estado, e chegou à Capital do Estado ainda na manhã de hoje. A agilidade na entrega é o diferencial na estratégia para conter a doença, como avalia o diretor do Lacen (Laboratório Central), Luiz Henrique Ferraz Demarchi: “A quantidade atenderá a população do Estado e garantirá a entrega dos resultados em tempo oportuno”.

Segundo Demarchi, a média diária de diagnóstico no Lacen oscila entre 50 e 70 testes por dia para o Covid-19. “Até o momento já fizemos 2 mil testes para o coronavírus”, afirmou o diretor que participou da entrega.

O tenente-coronel Adalberto Ortale Junior participou a ação e explicou a logística que contou com o trabalho de mais quatro oficiais da Casa Militar. “O cuidado que a gente tem é manter o material dentro da aeronave devido a temperatura externa, muito baixa, por isso não usamos os bagageiros”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a chegada desses testes proporcionará resultados positivos no controle da doença.

“Representa um alívio, ainda mais diante do aumento dos atendimentos nos drives-thru que na próxima semana também contemplará Três Lagoas e Dourados, uma iniciativa pioneira do nosso Estado”.

Demarchi atesta a importância e a qualidade do material recebido pelo Governo Federal. “São testes que conseguem diagnosticar a doença nos primeiros sete dias”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...