Semana On

Terça-Feira 02.jun.2020

Ano VIII - Nº 395

Mato Grosso do Sul

Começam obras de recuperação da MS-306

Rodovia é a primeira concessionada no Estado

Postado em 24 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Setenta operários divididos em oito equipes começaram na quinta-feira (23) os trabalhos de recuperação e tapa-buracos da rodovia MS-306, em um extensão de 219,5 quilômetros. A estrada, que inicia na divisa de Mato Grosso do Sul com Mato Grosso e vai até a BR-158, em Cassilândia, passou a ser administrada pelo Consórcio Way-306 em março deste ano.

As obras só tiveram início após a assinatura do Termo de Arrolamento e Transferência de Bens. O documento, firmado ontem (22), atestou a atual situação da rodovia depois de vistorias no trecho. Com ele, o Governo do Estado (Seinfra, Agesul e Agepan) passou oficialmente a gestão da MS-306 à iniciativa privada.

Para o secretário de Governo de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, o início da revitalização representa um grande marco na administração pública por ser a primeira rodovia estadual concessionada.

“É o início concreto de mais um importante projeto de modernização, avanço e desenvolvimento do Estado, que reforça o nosso potencial de atração de investimentos e oportunidades de negócios. E este é um trabalho contínuo. Continuaremos buscando parcerias que ajudem nosso Estado a se desenvolver com celeridade e eficiência”, destacou Riedel, que também é presidente do Conselho Gestor do Programa de Parceria Público-Privada (CGPPP).

Obras

Inicialmente, o Programa de Recuperação Emergencial da MS-306, na fase de Trabalhos Iniciais,  vai minimizar os problemas existentes, que apresentem riscos iminentes aos usuários, e melhorar as condições de tráfego, conforme explicou o gerente de Operações e Conservação da Way-306, Marcelo Ceccarelli.

“Em várias frentes de trabalho, teremos três equipes de conservação e cinco de manutenção a serviço da concessionária, mobilizando diariamente cerca de 70 trabalhadores, máquinas (tratores e caminhões) e equipamentos (roçadeiras) em operação de tapa-buracos e reparos localizados para restauração preliminar do pavimento. Na conservação de rotina, o trabalho envolve roçada manual e mecânica, poda e capina da vegetação na faixa de domínio da rodovia; limpeza da pista e acostamentos com remoção de objetos, ressolagem de pneus e animais mortos; desobstrução e limpeza do sistema de drenagem, pontes e viadutos”, informou.

A recuperação e implantação de dispositivos de segurança  e da sinalização da rodovia também fazem parte dessa etapa. Com autorização da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul), que regula e fiscaliza o contrato de concessão, a Way-306 já implantou marcos quilométricos nos dois sentidos da rodovia em toda a extensão do trecho sob concessão.  O próximo passo será a implantação de placas de sinalização vertical (regulamentação, advertência e indicação) e recuperação das existentes, quando viável.

Simultaneamente às obras e serviços de recuperação emergencial, a concessionária iniciará as obras das edificações operacionais das três unidades de serviço de atendimento ao usuário/bases operacionais (SAUs), dos postos de fiscalização da Polícia Militar Rodoviária – PMRv e da Agepan, e das três praças de pedágio na rodovia, obras que estarão concluídas até o 12º mês de concessão.

Investimentos

Durante os 30 anos do contrato de concessão, a Way-306 investirá R$ 1,7 bilhão na MS-306. Serão R$ 932 milhões em obras de melhoria e de infraestrutura, dos quais  R$ 600 milhões nos cinco primeiros anos, e R$ 843 milhões na prestação de serviços de atendimento aos usuários e operação da rodovia.  Somente no primeiro ano de concessão serão R$ 110 milhões entre recuperação do pavimento, construção das edificações e sistemas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...