Semana On

Terça-Feira 01.dez.2020

Ano IX - Nº 421

Campo Grande

Obras avançam no Santa Luzia

Na próxima semana, começa a terraplanagem, etapa que antecede a pavimentação

Postado em 24 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com o serviço em andamento, as obras de drenagem no Bairro Santo Luzia entram na reta final e devem estar concluídas até este sábado (25). Na próxima semana, começa a terraplanagem, etapa que antecede a pavimentação. A tubulação já está pronta, faltando terminar 28 Poços de Visita (PV) e os ramais das ligações, os chamados bigodes, com os pontos de captação de enxurrada, as bocas de lobo. O serviço depende que seja concluída a expansão da rede de esgoto e haja o rebaixamento da rede de água em alguns trechos.

A movimentação de trabalhadores e máquinas atraem a atenção dos moradores que há 30 anos aguardam pelo asfalto. A obra chegou a iniciar no ano de 2017, mas foi interrompido já que a empreiteira vencedora da primeira licitação pediu rescisão de contrato.

“Moro aqui desde os anos 80 e como todo mundo, espero há muito tempo pela melhoria”, comenta o aposentado Luiz Ramos de Souza, enquanto acompanha a abertura de valetas para implantação da rede de drenagem na Rua Santa Efigênia.

Valorização das casas, além de acabar com a longa convivência com o barro (quando chove) e a poeira (na estiagem), são os benefícios imediatos que a chegada do asfalto vai trazer para a comunidade, na opinião do mecânico Nilson Souza, 62 anos, residente na esquina das ruas São Gregório com Santa Cristina.

A obra

As obras de drenagem e pavimentação em andamento no Bairro Santa Luzia, integram etapa A do Complexo Vila Nasser. Serão investidos R$ 14.784.062,82 para asfaltar 21 ruas e o recapeamento das ruas Dr. Miguel Vieira Ferreira, São Ramão e Santa Rosa.

Além de 9 quilômetros de pavimentação, esta região da Vila Santa Luzia receberá mais 655 metros de drenagem (já foram implantados 3.262 quilômetros) e um piscinão para reter as águas pluviais. O piscinão será construído na Rua Santa Isabel, em uma área de 5 mil metros quadrados, com capacidade para reter 6 mil metros cúbicos de águas pluviais (6 milhões de litros). A bacia de retenção vai segurar a enxurrada que desce da parte alta do Santa Luzia e Vila Nasser. Deste ponto, escoará pela rede existente até a Avenida Miguel Vieira e desembocará no Córrego Imbirussu.

Ruas que serão pavimentadas

São Benedito, São Carlos, São Gregório, Adolfo Barbosa, Flávio Pedra, Santa Ana, Santa Barbara/Marcilio Cardoso, Santa Cristina, Santa Efigênia, Santa Emília, Santa Gertrudes, Santa Isabel, Santa Madalena, Santa Marta, Santa Mônica, Santo Agostinho, Santo Anastácio, Santo André, Santo Onofre e Rua São Manoel.


Voltar


Comente sobre essa publicação...