Semana On

Domingo 31.mai.2020

Ano VIII - Nº 395

Campo Grande

Reordenamento viário na reta final com recapeamento e instalação de semáforos

Rotatórias da Joaquim Murtinho com a Rua Ceará e com a Avenida Eduardo Elias Zahran recebem em média 68 mil veículos diariamente

Postado em 22 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O reordenamento do trânsito nas rotatórias da Joaquim Murtinho com a Rua Ceará e com a Avenida Eduardo Elias Zahran deve estar implementado em até três semanas. A semaforização das rotatórias vai melhorar a fluidez do tráfego nesta região de Campo Grande, por onde chegam a circular em média 68 mil veículos diariamente, com registro de congestionamento nos horários de pico.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) começou a instalação dos 15 porta-focos do conjunto semafórico programado para a rotatória Joaquim Murtinho/Zahran.  Nesta semana serão feitos os últimos 70 metros de recapeamento programados na Joaquim Murtinho que já recebeu 700 metros de asfalto novo nas duas pistas na interligação entre as duas rotatórias, que margeiam o terminal de integração de ônibus Hercules Maymone.

Na rotatória Zahran/Joaquim Murtinho praticamente só está faltando o plantio de grama nos canteiros, além da pintura de pista e funcionamento do conjunto semáforo, última etapa do serviço. Na outra rotatória, falta terminar meio-fio, urbanização, recapeamento, além da instalação do conjunto semafórico com 23 porta-focos, que vai regular o fluxo de veículos, preservando todas as conversões feitas no formato viário antigo.

Segundo o diretor-geral da Agetran, Janine Bruno, o cronograma da obra (iniciada em novembro) deve ser prolongado, porque durante o período de execução choveu bastante, houve a pandemia do coronavírus com a decretação da quarentena que interrompeu por duas semanas quase todas as atividades (inclusive as obras públicas), além do surgimento de intercorrências, que são normais, quando se faz escavação e terraplanagem onde já havia estrutura de drenagem, tubulação de água e esgoto.

Alças de acesso

Com a conclusão das obras de infraestrutura nas duas rotatórias, quem passa pela região consegue entender como as intervenções vão melhorar o fluxo de veículos. Na rotatória onde a Avenida Zahran termina e se encontra com a Joaquim Murtinho, ampliou-se a alça de acesso,  o canteiro central  avançou quatro metros para instalação do conjunto semafórico com 15 porta-focos,  que regularão os fluxos, mantendo todas as conversões.

Segundo os técnicos da Agetran, a maior diferença será sentida por quem vem pela Zahran e quer seguir em frente para alcançar a Rua Ceará. Ao invés de esperar uma brecha no fluxo de veículos que vinha da Joaquim Murtinho e seguia rumo à saída para Três Lagoas, com os semáforos, só vai esperar até a próxima abertura do sinal que será ajustado em tempo real.

Na confluência da Ceará/Joaquim Murtinho, a rotatória foi removida, substituída por alças de acesso (que terá um conjunto semafórico com 23 semáforos para garantir todas as conversões). Uma das alças, cortando ao meio a antiga rotatória) melhora o acesso ao centro da cidade (pela Joaquim Murtinho) para quem vem da Zahran ou da saída para Três Lagoas.

Sinalização modernizada

Paralelamente ao reordenamento do trânsito, na rotatória com a Rua Joaquim Murtinho, a Agetran modernizou toda a sinalização semafórica da Avenida Eduardo Elias Zahran até a confluência com as avenidas Calógeras e Costa e Silva. Foram instalados dois novos semáforos (cruzamento com as Ruas Cayova e Luiz Dódero), proibida a conversão a esquerda nos cruzamentos com a Antônio Correa e Senador Ponce (exigindo que os condutores façam o laço de quadra para ter o acesso a estas vias).

Todos os semáforos receberam câmeras para contagem do fluxo de veículos e novos controladores. Quando a fibra óptica tiver sido instalada até a sede da Agetran na Avenida Gury Marques, será instalada uma central de monitoramento que poderá ajustar o tempo dos semáforos em tempo real desde a rotatória da Ceará com a Joaquim Murtinho, viabilizando a onda verde.

Paralelamente, já está sendo implantado o projeto de modernização dos semáforos da Avenida Elias Zahran, onde está prevista a implantação de fibra óptica, que vai possibilitar o sincronismo dos equipamentos, com a instalação de novos controladores. Isso permitirá (quando houver uma central de monitoramento na Agetran) o ajuste praticamente online do tempo dos sinais, conforme o maior ou menor fluxo de veículos.

O semáforo em três tempos da Zahran com a Avenida Três Barras já está ajustando para funcionar em tempo real. Assim, quando não houver veículos se aproximando em dois dos três sentidos, o sensor vai detectar a aproximação e um veículo e vai liberar  o “verde“ em até 7 segundos para quem vem no terceiro sentido.  No caso de quem vem pela Três Barras, se não houver veículos subindo, descendo ou fazendo conversão a esquerda na Zahran, não encontrará o sinal vermelho para entrar na Zahran ou seguir em frente pela Rua Professor Dona Virgilina.

A Agetran está instalando câmeras nos semáforos para a contagem do fluxo de veículos. Este levantamento servirá de base para o ajustamento do tempo de verde e vermelho da Zahran e das ruas transversais. A mudança online do tempo dos semáforos será possível quando for instalada a central de monitoramento de trânsito.

Intervenção

Desde 2017, esta é a terceira intervenção em rotatórias promovida pela Prefeitura.  Eram locais que registravam congestionamentos até a implantação do projeto de semaforização desenvolvido pela Agetran.

Nesta região onde está em execução o projeto de reordenamento viário, o volume de tráfego, de 68 mil veículos, é maior que o registrado nas rotatórias das avenidas Mato Grosso/ Nelly Martins (38 mil veículos/dia) e da Interlagos com a Gury Marques (44 mil veículos/dia), que receberam semaforização. As próximas intervenções serão nas rotatórias das avenidas Tamandaré/Euler de Azevedo (principal acesso à UCDB) e das avenidas Três Barras com José Nogueira Vieira.


Voltar


Comente sobre essa publicação...