Semana On

Sábado 08.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Campo Grande

Prefeitura descontamina locais de grande circulação na capital

Mercadão, Feira Central, Santa Casa e terminais rodoviários já receberam as equipes

Postado em 22 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A descontaminação de locais de grande circulação, como o Mercadão Municipal, a Feira Central e as feiras livres começaram na quarta-feira (22), com apoio de Militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro. Na sequência, foi descontaminada a Santa Casa de Campo Grande e a Feira Central, na quinta-feira (23). Os locais passaram por higienização e desinfecção de modo a mitigar os impactos causados pelo novo coronavírus (Covid-19).

Os trabalhos também abrangem a descontaminação de ruas de nove bairros da Capital Serão contempladas ainda as ruas onde são instaladas as feiras livres dos bairros: Pioneiros, Mata do Jacinto, Aero Rancho 4, Jardim Petrópolis, Coophatrabalho, Vila Jaci, Piratininga, Guanandi e Moreninhas.

O prefeito Marquinhos Trad reforçou que trabalho de descontaminação abrange todas as sete regiões de Campo Grande para evitar a pandemia do Corona Vírus. “Nada está sendo feito sem planejamento, é um trabalho que será acompanhado diariamente nos locais onde foram descontaminados. As equipes da secretaria vão vir aqui escolher algumas pessoas e farão o teste e se testar positivo é porque o vírus está na região, daí nos repetimos o trabalho”, frisa Marquinhos.

A operação está sendo realizada pelo Grupamento Operativo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (GptOpDefNBQR), da Marinha do Brasil, com apoio de militares do Exército Brasileiro.

No decorrer da operação estão sendo tomadas medidas protetivas no entorno do local, como isolamento e interdição de acessos, visando garantir a segurança da população e dos profissionais que participarão da atividade.

De acordo com tenente-coronel Sérgio Alves do Exército Brasileiro o trabalho está sendo feito pelo Comando Conjunto do Oeste para proporcionar segurança às pessoas que utilizam diariamente o Mercado Municipal para fazer suas compras.

O oficial de operações e capitão de corveta da Marinha, Renato Silva explicou que no 6º distrito de Corumbá tem uma equipe de descontaminação e esta equipe foi deslocada para Campo Grande para fazer os trabalhos em conjunto com o Exército Brasileiro.

“Aqui em Campo Grande estamos dando ênfase na parte biológica em virtude desse vírus. Antes mesmo da pandemia já existia este grupo e estamos focando nesta descontaminação, que é feita em três etapas: na primeira etapa o isolamento da área que é feito pela equipe do Exército, a segunda etapa é a parte interna descontaminando as paredes e as partes que a população mais utiliza e na terceira parte é a pulverização na parte externa”, frisa o capitão Renato.

Nove feiras livres de Campo Grande passarão por higienização e desinfecção

Também foram contempladas as feiras livres realizadas nos bairros: Pioneiros, Mata do Jacinto, Aero Rancho 4, Jardim Petrópolis, Coophatrabalho, Vila Jaci, Piratininga, Guanandi e Moreninhas.

“Esses locais foram escolhidos por concentrarem as maiores feiras livres da nossa cidade. E, portanto, terem uma maior circulação de pessoas. Além destas feiras também estamos buscando a descontaminação da feira livre do bairro Coophavila”, disse o prefeito.

Terminais

Os terminais do transporte coletivo urbano de Campo Grande também começaram a passar por desinfecção, como medida preventiva de combate ao contágio do novo coronavírus. Na semana passada foi a vez dos terminais Aero Rancho, Morenão, General Osório, Nova Bahia, Moreninhas, o Ponto de Integração Hércules Maymone, e os terminais Bandeirantes, Júlio de Castilho e Guaicurus receberem a higienização feita a base de hipoclorito diluído em água.

Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) estão responsáveis pela execução do serviço, que garante a limpeza e higienização de todo a área externa dos terminais, desde as plataformas de embarque e desembarque até o telhado, bancos, pátio, portões de acesso e banheiros.

De acordo com o chefe de Drenagem da Sisep, Juvenil Ferreira Lopes, pelo menos 40 mil litros da solução serão utilizados nos nove locais. Ele explica que após um tempo da aplicação o produto evapora garantindo assim segurança aos usuários que circulam pelos terminais.

Ao acompanhar a ação, o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Janine de Lima Bruno, ressaltou que as medidas de isolamento decretadas pelo Município permitiram melhor organização das ações de biossegurança adotadas em Campo Grande.

“Graças a essas medidas adotadas pelo prefeito tivemos tempo hábil para planejar e organizar medidas como essa desinfecção nos terminais. Além da higienização, providenciamos saboneteiras e estamos tentando, na medida do possível diante de ações frequentes de vandalismo, garantir o funcionamento das torneiras nos banheiros nesses locais. Além disso fizemos a marcação de distanciamento para garantir melhor controle do distanciamento entre as pessoas como medida de prevenção neste momento de pandemia”.

De acordo com a Sisep, logo após a conclusão do serviço nos terminais, haverá um reforço com nova aplicação da solução.


Voltar


Comente sobre essa publicação...