Semana On

Terça-Feira 01.dez.2020

Ano IX - Nº 421

Coluna

Digimon Adventure 2020

No último sábado tivemos o grande lançamento do reboot da série original Digimon e para a alegria de muitos, a estreia foi sensacional

Postado em 08 de Abril de 2020 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

É o ano de 2020. A Rede tornou-se algo indispensável para a vida dos humanos. Mas o que eles não sabem é que, por trás da Rede, existe um mundo de luz e trevas conhecido como o Mundo Digital, habitado pelos Digimons. Quando Taichi Yagami tenta salvar sua mãe e sua irmã, que estão a bordo de um trem desgovernado, ele entra na plataforma... e um estranho fenômeno o leva para o Mundo Digital. Ele e outros Digiescolhidos encontram seus parceiros Digimons e embarcam numa aventura em um mundo desconhecido!

Assim tem início ao reboot da série Digimon cuja franquia dos monstros digitais teve início no que chamamos de bichinhos virtuais, pequenos mini games para criar dinossauros e outros tipos de animais, que por meio de muita popularidade, tiveram uma animação no ano de 1999 e vale ressaltar que na época, era o grande concorrente do fenômeno Pokémon.

Na série original acompanhamos a aventura de 8 crianças e seus parceiros Digimons para superar problemas e desbravar poderes ocultos. A trama original foi um grande sucesso e após alguns anos reencontramos os mesmos personagens agora adolescentes em Digimon Adventure Tri e por fim, a conclusão dessa aventura em Digimon Last Evolution Kizuna.

Porém, o que muitos achavam que seria um grande encerramento, foi a ponte para um reboot da série original que teve a sua estréia no dia 04 de abril na terra do sol nascente e agora acompanhamos os protagonistas já habituados com as nomenclaturas e termos modernos do mundo digital, ou seja, agora conseguimos falar a mesma língua digital, que no início dos anos 2000 eram termos confusos e ainda desconhecidos para muitas crianças.

Agora que todos estamos familiarizados com a linguagem da internet, pode-se dizer que fica muito mais relevante e claro os acontecimentos do mundo digital e da forma como isso afeta o mundo real. Uma característica que senti falta foi da trilha sonora original da abertura e evoluções, mas eu curti o novo tema e poder ver o Digimon evoluir enquanto luta sem uma cena com muita coreografia deixou o episódio mais fluido e interessante na minha opinião.

As animações estão lindas, os traços são marcantes e vários pontos relacionados a transição de movimento ficaram naturais e bonitos de ver. Disponibilizado pelo serviço de streaming Crunchyroll, é possível ter acesso ao episódio em poucas horas após a exibição do episódio legendado em português.

Para quem acompanha a animação Boruto Naruto Next Generation, irá perceber que o personagem Taichi possui a mesma dubladora Yuko Sanpei, que por mencionar o serviço, está demais de sincronizado e alinhados com as feições e cargas dramáticas no decorrer do episódio.

Recomendo que os interessados assistam ao reboot de Digimon, uma trama mais madura, com mais atenção aos sentimentos mais relevantes das crianças e que promete encantar muitos adultos. Um grande abraço para todos. Desculpem o atraso pela coluna, porém, uma atenção a saúde foi necessária.


Voltar


Comente sobre essa publicação...