Semana On

Quarta-Feira 08.jul.2020

Ano VIII - Nº 400

Viver bem

Como aumentar sua imunidade na era do coronavírus

Pode não ser a notícia que você esperava, mas procure dormir mais e se estressar menos

Postado em 07 de Abril de 2020 - Maija Kappler – Huffpost

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

É fácil entrar em pânico com a pandemia do novo coronavírus.

O fato de o vírus se alastrar com extrema facilidade assusta, mas os especialistas concordam que devemos permanecer informados, tomar precauções e tentar não entrar em pânico. “As autoridades chinesas e de alguns outros países conseguiram retardar ou interromper seus surtos”, diz a Organização Mundial da Saúde em seu site.

A Health Canada diz que as pessoas com maior risco são aquelas com problemas médicos prévios e sistemas imunológicos comprometidos, além das pessoas com mais de 65 anos. Se elas tiverem sintomas, devem fazer um teste e se autoisolar, caso seja possível.

Se você quer saber como fortalecer seu sistema imunológico, valem as regras de sempre. Aqui estão algumas dicas.

Coma alimentos saudáveis...

É muito básico: se você ingerir alimentos saudáveis, seu corpo ficará mais saudável. Uma dieta composta de muitas frutas, vegetais, boas gorduras e grãos saudáveis ajuda a manter seu sistema imunológico em forma.

... mas lembre-se que não existem curas milagrosas

Vários alimentos saudáveis são bons para o sistema imunológico e podem fazer parte de uma dieta bem equilibrada, como frutas cítricas, alho, cúrcuma e espinafre. E muitos suplementos, como zinco, vitamina D e vitamina B6, também estão sendo sugeridos como “reforços” para o sistema imune.

Mas é importante lembrar que não há soluções milagrosas. “Existem muitos produtos que prometem melhorar o sistema imunológico, mas não acho que nenhum deles tenha sido clinicamente comprovado”, afirmou ao The New York Times Krystina Woods, epidemiologista e diretora médica de prevenção de infecções no hospital Mount Sinai West, de Nova York.

Vitaminas e minerais provavelmente não fazem mal, mas há poucas pesquisas que comprovem que elas de fato façam diferença. O ideal é conversar com seu médico sobre seus níveis de vitamina e deixar que ele decida se há algum suplemento que você deva tomar.

Exercite-se regularmente

Você já sabe disso, mas o exercício regular reduz a pressão arterial, melhora o sistema cardiovascular e contribui para a boa saúde como um todo, o que também fortalece o sistema imunológico.

Não fume

Fumar prejudica o sistema imunológico de algumas maneiras diferentes. O cigarro pode enfraquecer as defesas do organismo, tornando-o mais suscetível a infecções e também aumentar a probabilidade de o sistema imunológico desenvolver respostas patogênicas imunes.

Como o novo coronavírus é uma doença respiratória, o fumo pode exacerbar o risco de contração do vírus, de acordo com Stanton A. Glantz, diretor do Centro de Controle e Educação em Pesquisa sobre Tabaco.

Beba com moderação

Beber em excesso prejudica seu sistema imunológico, tornando-o mais suscetível a infecções.

Durma o suficiente

Quase ninguém dorme o suficiente – e um sistema imunológico privado de sono não funciona tão bem quanto um que esteja bem descansado.

Tente minimizar o estresse

Sim, sabemos que esse é um pedido complicado neste momento. Mas muitas pesquisas mostram que o estresse pode comprometer o sistema imunológico. Procure maneiras de se acalmar e inclua em sua rotina algum tipo de autocuidado.

A ciência também diz que o contato social saudável e robusto pode beneficiar sua saúde. Encontrar amigos - virtualmente -, portanto, é uma boa maneira de combater o estresse.

Para evitar o contágio pelo coronavírus, eis as principais recomendações

Lave as mãos

É a maneira mais simples e mais importante de se proteger. E tem até musiquinha para cantar na pia!

Não toque no seu rosto

Sim, depois de ouvir isso, você só pensa em tocar no rosto. Mas a Organização Mundial da Saúde diz que as mãos podem se contaminar com muita facilidade ― é por isso que lavá-las é tão importante ―, e os olhos, o nariz e a boca são as principais portas de entrada para o vírus.

Cubra a boca quando espirrar

Perdigotos espalham o vírus, portanto, certifique-se de evitar espalhá-los. Tussa ou espirre em seu cotovelo ou em um lenço descartável.

Este texto foi originalmente publicado no HuffPost Canadá e traduzido do inglês


Voltar


Comente sobre essa publicação...