Semana On

Terça-Feira 11.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Campo Grande

Prefeitura de Campo Grande reabre comércio a partir de segunda-feira

Órgãos municipais voltam a dar expediente de 8h30 às 13h30 de terça até o próximo dia 24

Postado em 04 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A partir desta próxima segunda-feira (6), boa parte do setor de serviço e o comércio varejista de Campo Grande, que está com suas atividades suspensas desde o último dia 21 de março, voltará a funcionar, seguindo uma série de recomendações que visam evitar aglomerações e preservar o distanciamento mínimo de 1,5 metro. Além de medidas para reforçar a higienização do ambiente e disponibilidade de álcool em gel para os clientes. Na primeira semana, o horário de funcionamento vai das 9h às 16h30.

A Prefeitura tem adotado medidas de restrições a mobilidade urbana, seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde, que preconizam o isolamento social como estratégia de prevenção ao Covid-19, pandemia que praticamente paralisa o mundo.

No início da semana foi flexibilizada a quarentena para as lojas de material de construção, lotéricas, agências bancárias, setor industrial e a construção civil. Desde o último dia 27, os restaurantes voltaram a funcionar, com redução de 70% da capacidade. Não houve interrupção em setores considerados essenciais, como supermercados, farmácias e postos de combustível.

Decreto publicado no último dia 3, em edição extraordinária do Diário Oficial, estabeleceu o plano de diretrizes para o enfrentamento da COVID-19 nas atividades econômicas e sociais de Campo Grande. O plano, com base em critérios de biossegurança, define o calendário para reabertura gradativa das atividades comerciais, classificadas numa escala de 0 a 5, levando em conta a possibilidade (por conta das suas características) sendo maior ou menor de manutenção das condições de isolamentos social.

Os segmentos com pontuação 4 e 5, aqueles que por suas características, avaliou-se ser possível adotar medidas para evitar aglomerações, retomam suas atividades na próxima semana. De imediato está autorizado o funcionamento de serviços na área de saúde, como consultórios médicos, odontológicos, fisioterapia.

A partir de segunda-feira, dia 6, reabrem as oficinas mecânicas, auto elétricas, concessionárias de veículos, floriculturas, livrarias, além do comércio varejista de um modo geral, lojas de roupas, confecções, armarinhos, eletrodomésticos, além de toda área de serviços (escritórios de contabilidade, imobiliárias, Advocacia).

O plano com as diretrizes para o enfrentamento do Coronavirus mantém suspensas as aulas nas escolas públicas e particulares; universidades. Continuam proibidos os eventos artísticos, culturais, esportivos; bailes, o funcionamento das academias em geral, clubes de lazer; shopping centers e os estabelecimentos situados em galerias, além dos bares com entretenimento. Parques, locais de lazer e convivência, públicos ou privados, continuam fechados.

O plano foi elaborado por uma equipe multidisciplinar integrada por técnicos das Semadur, Sesau, Agetran, Procuradoria do Município, Secretaria de Finanças, Agereg e Sedesc, que adotaram parâmetros e diretrizes da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. O objetivo, segundo o prefeito Marquinhos Trad é “mitigar os efeitos dessa pandemia junto à população campo-grandense”.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luiz Eduardo Costa, buscou-se o equilíbrio para que, gradualmente, o Município retome suas atividades, garantindo aos empregados e empregadores segurança jurídica, econômica e sanitária, e principalmente “a segurança e integridade à sua vida e de seus familiares”.

No próximo dia 13 serão reabertas as atividades classificadas com pontuação 2 e 3, em que foram incluídos o mercadão e o camelódromo. Terão de apresentar um Plano de Contenção de Riscos (biossegurança), que deve demonstrar como se dará a adoção de medidas eficazes para evitar a disseminação do vírus no seu funcionamento.

“As decisões da administração estão sendo tomadas, baseadas em estudos cientificamente comprovados. O prefeito está respaldado por uma grande quantidade de técnicos que estudam diariamente as orientações dos órgãos competentes”, garante o secretário.

Dúvidas

Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) estão de plantão, na Central de Atendimento ao Cidadão, para tirar as dúvidas sobre o novo decreto de reabertura do comércio em Campo Grande. As atividades estavam suspensas desde o fim de março como medida preventiva de combate ao Coronavírus. O canal funciona pelo telefone 4042-1323.

“Nós estamos abertos a receber sugestões de aperfeiçoamento e para tirar todas as dúvidas da população sobre a reabertura. Nossos agentes vão entrar em treinamento essa semana para ajudar a fiscalizar as regras estipuladas. O que a população precisa entender, é que não somos nós que escolhemos o que abre ou o que não abre, fazemos tudo de acordo com a Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde e eles continuam recomentando gente, por favor, se vocês puderem, fiquem em casa”, pontuou o prefeito Marquinhos Trad.

De acordo com a superintendente de Fiscalização e Gestão Ambiental do município, Gisseli Giraldelli, técnicos da Semadur estão de plantão à disposição dos empresários, comerciantes e população em geral, que tenha alguma dúvida sobre o decreto de reabertura do comércio, das 8h às 18h, com intervalo de uma hora do meio dia às 13h. Durante a semana os atendimentos continuam, também em horário estabelecido por decreto: das 8h30 às 13h30

“Os telefones não param, as maiores dúvidas ainda são o horário de funcionamento, as datas e onde encontrar a resolução e o decreto para ler. Em relação aos tipos de empreendimento, a maior dúvida é sobre a reabertura dos salões de beleza. É importante ressaltar que esse plantão foi criado apenas para esclarecer dúvidas, porque também estamos recebendo muitas ligações de denúncia que cabe a Guarda Civil Metropolitana pelo 153 e esse não é o intuito DESTE canal”, explicou.

Prefeitura vai adotar expediente

A partir da próxima terça-feira, dia 7, as repartições públicas municipais vão funcionar em regime de 5 horas corridas, entre 8h30 e às 13h30. Como parte da estratégia para evitar aglomeração e a disseminação do Coronavírus, além de reduzir a pressão sobre o transporte coletivo, o prefeito Marquinhos Trad, baixou decreto que reduz em 50% o efetivo de servidores no expediente presencial.

De acordo com o documento, caberá a chefia de cada repartição definir a periodicidade do sistema de rodízio. Durante este período, o atendimento ao público será reduzido na Central de Atendimento ao Cidadão, com a manutenção do distanciamento mínimo de 1,5 metro entre uma pessoa e outra.

Os funcionários que estiverem ou residam com pessoas do grupo de risco cumprirão jornada de 6 horas em regime de teletrabalho. Estão neste grupo, quem tem doenças cardiovasculares ou pulmonares; imunodeficiência de qualquer espécie; transplantados; – maiores de 60 anos; gestantes e lactantes ou que apresentem   sintomas da doença transmitida pelo vírus COVID-19.

A execução do regime em teletrabalho abrangerá tarefas habituais e rotineiras desenvolvidas pelo servidor, quando passíveis de serem realizadas de forma não presencial. O horário de expediente poderá ser ajustado conforme a necessidade de serviço da repartição a que o funcionário estiver vinculado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...