Semana On

Terça-Feira 11.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Legislativo

João Rocha reforça importância de seguir orientações das autoridades de saúde

Presidente destaca ações da Câmara contra o coronavírus: ‘o trabalho segue’

Postado em 03 de Abril de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Prof. João Rocha, voltou a falar sobre a necessidade de seguir as recomendações das autoridades de saúde para conter a disseminação do coronavírus. Segundo o parlamentar, o objetivo é reduzir a duração de pandemia, de modo que o sistema de saúde consiga se estruturar para receber os infectados.

“O momento é de seguir a orientação dos especialistas em saúde. Ninguém fala aquilo sem fundamento. Quando a doença é terrível, o remédio é amargo. Temos que ter fé para que isso possa durar o menor tempo possível, apesar das projeções. Precisamos aprender com aqueles que já viveram a experiência, tanto a ruim, quanto a exitosa. O momento agora é de preservar vidas. Você não recupera uma vida. O resto, com união, nós poderemos recuperar”, analisou.

Por conta da quarentena, muitos comerciantes têm criticado as medidas de isolamento social recomendadas pelos especialistas, temendo prejuízos e até mesmo demissões no quadro de funcionários. No entanto, Rocha lembra que essas precauções são necessárias.

“Parabenizo o governador Reinaldo Azambuja e o prefeito Marquinhos Trad pela coragem de tomar atitudes muitas vezes impopulares, mas pensando na saúde geral. E vamos sair em pé, de cabeça erguida, e vamos saber que esse sacrifício valeu a pena. Passamos por dificuldades, temos que abrir mão de algumas coisas, para ganhar lá na frente e preservar a vida daquele que está próximo”, finalizou.

O trabalho segue

João Rocha destacou as ações da Câmara Municipal para conter o avanço do coronavírus. O parlamentar citou as medidas que a Casa adotou para preservar seus colaboradores e, ainda, o trabalho legislador para apoiar a Prefeitura no combate a pandemia.

“O que alteramos foi a aglomeração e o fluxo de pessoas para evitar o avanço da doença. O trabalho e as atividades seguem normalmente. Pessoas do grupo de risco seguem em suas casas, mas estão produzindo. Há um revezamento de colaboradores para diminuir o fluxo de pessoas. Cerramos o acesso de pessoas à Câmara, o que não prejudica, pois temos ferramentas: as sessões continuam normalmente, no mesmo horário. O fluxo diminuiu, mas o trabalho segue o mesmo, o desempenho é o mesmo. Estamos prontos, de plantão”, lembrou.

Rocha ainda reforçou os projetos de relevância aprovados na Casa desde o início da pandemia, a exemplo do Plano de Cargos e Carreiras dos servidores da saúde e a criação do Fundo Municipal de Combate ao Coronavírus. 

“Esse Fundo já está sendo implementado pelo Prefeito. Já foi requerido um CNPJ para esse Fundo, para que ele possa receber doações. A Prefeitura terá que prestar contas da aplicação desses recursos arrecadados”, avisou.

Por fim, citou o trabalho social da Casa, que cedeu carros e servidores para apoiar na campanha de vacinação contra a gripe, feita pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). “Disponibilizamos 25 carros, com servidores e combustível, para ajudar na campanha da distribuição das vacinas nas farmácias e levar os profissionais da Sesau até os idosos acamados, depois aos renais crônicos. São ações sociais que transcendem a nossa função de legislar. Mas, neste momento, temos que priorizar o aspecto humanitário. Também cumprimos com nossa função social”, finalizou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...