Semana On

Quinta-Feira 09.abr.2020

Ano VIII - Nº 387

Mato Grosso do Sul

Sobe para nove o número de casos confirmados de coronavírus em MS; outros 39 suspeitos são monitorados

Governador anuncia decreto de calamidade pública e outras ações para conter avanço da doença

Postado em 20 de Março de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que mais dois exames de coronavírus (Covid-19) deram positivos em Mato Grosso do Sul, subindo para nove os casos confirmados da doença no Estado. A SES monitora outros 39 casos suspeitos. As informações estão no boletim epidemiológico divulgado na quinta-feira (19) em coletiva de imprensa online com autoridades do Governo do Estado.

Os novos casos confirmados são de um homem de 38 anos de Campo Grande que foi notificado em 17 de março e teve contato com caso confirmado. O outro caso é de uma mulher de 42 anos de Sidrolândia, notificada em 17 de março e que retornou da Europa recentemente.

Dos 39 casos suspeitos em investigação, 30 são em Campo Grande, um em Antônio João, dois em Dourados, um em Mundo Novo, dois em Paranaíba, um em Rio Brilhante, um em Ribas do Rio Pardo e um em Terenos.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 171 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul, sendo que 123 casos foram desconsiderados para Covid-19. Destes, onze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde. 112 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19.

Os 39 casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. O Lacen/MS começou a realizar os exames para Covid-19, após receber kits de testes do Ministério da Saúde. Os resultados ficam protos entre 24h a 72 horas, após o recebimento das amostras.

A Secretaria de Estado de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) diariamente. As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.

Medidas

Mais ações para conter o avanço do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul foram anunciadas pelo governador Reinaldo Azambuja. A principal delas é a edição de um decreto legislativo de calamidade pública que permite tomada de decisões rápidas por parte do Governo do Estado, como, por exemplo, a contratação de profissionais da saúde. 

Para valer, o documento ainda precisa ser votado e aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado. “É a possibilidade para que possamos flexibilizar atos e termos tranquilidade nas ações, e salvar vidas”, disse.

Confira abaixo demais medidas anunciadas pelo governador.

- Proibição de visitas aos presídios estaduais e às unidades educacionais de internação. “Importante porque as pessoas vão de fora aos presídios e podem acabar contaminando quem está no sistema prisional”, disse o governador.

- Fechamento de parques estaduais e centros esportivos, incluindo o Parque dos Poderes, para evitar a aglomeração de pessoas.

- Autorização de teletrabalho para o servidor público estadual. “Vão poder trabalhar de casa, sem prejudicar o serviço e sem paralisar as atividades do dia a dia, assim como já fizemos com servidores que pertencem ao grupo de risco”.

Outra medida anunciada foi a antecipação do lançamento do aplicativo MS Digital, que reúne 80 serviços disponíveis para o os cidadãos e os servidores públicos. “Em cinco dias será feito o lançamento. Ninguém precisa ir à repartição. O MS Digital terá, inicialmente, 49 dos 80 serviços em todas as áreas: saúde, educação, segurança, meio ambiente e agronegócio, entre outras”, falou.

De acordo com o secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), o programa vai facilitar a vida do cidadão ao possibilitar acesso aos serviços não presenciais.

“A medida evita a circulação de pessoas em locais públicos e, com isso, a propagação do vírus. Mesmo em tempos de crise, continuamos com nosso processo de modernização do estado, agora mais fundamental nesse ambiente que exige novos processos e novas práticas”, defendeu.

SES alinha com municípios plano de ação estadual para abertura de novos leitos

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou uma reunião com os secretários municipais para alinhamento das ações de combate contra o coronavírus, para atualização dos números e também para anúncio das medidas do Governo de MS. O objetivo é unificar ações para efetivo resultado de contenção de propagação de vírus e no tratamento da doença.

Em destaque, o titular da pasta, Geraldo Resende, anunciou o aumento em 30% no número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva para o Estado. “Serão implantados 142 leitos novos de UTI, 25 de leitos semi-intensivos a implantar e mais 40 leitos clínicos, totalizando 205 leitos. “Estamos recebendo os pleitos de todas as macro e microrregiões do Estado. Vamos dar uma resposta efetiva a todos”, declarou Resende aos representantes que compõe a Comissão Intergestora Bipartite (CIB).

Christinne Maymone, que é secretária-adjunta da pasta, salientou a importância de todos os envolvidos nas áreas da saúde, principalmente, no que diz respeito a diminuição de riscos e gerenciamento nas unidades de saúde locais. “Sabemos da gravidade da atual situação, daremos prioridade a todos os municípios na distribuição de álcool em gel e EPI’s – equipamentos de proteção individual”.

Na reunião, outro tema bastante abordado foram que as medidas de combate à dengue que não serão interrompidas, considerando a gravidade da enfermidade e o alcance em todo o Estado. Nesse sentido, Christinne afirmou que serão divulgados materiais de informação tanto sobre o coronavírus como em relação ao mosquito Aedes aegypht. “Vamos atuar na prevenção simultânea”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...