Semana On

Sábado 28.mar.2020

Ano VIII - Nº 386

Cultura e Entretenimento

Camelódromo e Feira Central paralisam atendimentos; Mercadão está aberto com restrições

Parque das Nações continua aberto ao público: mas não é recomendável atividades em grupo no local

Postado em 19 de Março de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Centro Comercial Popular Marcelo Barbosa da Fonseca, conhecido popularmente como Camelódromo, por meio da Associação dos Vendedores Ambulantes (AVA); a Feira Central, por meio da Associação da Feira Central Cultural e Turística de Campo Grande/MS (Afecetur) vão paralisar suas atividades nas próximas semanas. Já o Mercadão Municipal, por meio da Associação dos Comerciantes do Mercado Municipal de Campo Grande (Associmec) mantém as atividades, mas implantou um Plano de Ação – Contingência e Monitoramento COVID-19 que estabelece normas e procedimentos a serem seguidos com medidas de prevenção, controle e contenção da disseminação da doença. As medidas estão embasadas no Decreto n. 14.195, da Prefeitura de Campo Grande, que recomenda o fechamento de centros comerciais.

O Camelódromo permanecerá fechado por um período de 10 dias, entre 20 e 29 de março de 2020. No entanto, em atendimento às necessidades de seus clientes, alguns vendedores estarão atendendo via internet, WhatsApp ou telefone. A associação disponibilizou o telefone (67) 3382-6714 para sanar dúvidas.

Com relação à Feira Central, a Afecetur informa que as atividades serão suspensas pelo período de 15 dias, a contar do dia 19 de março de 2020.

Já o Mercadão Municipal continuará com suas atividades e atendimento aos seus clientes, uma vez que o local comercializa itens de primeira necessidade. Entretanto, o local implantou um Plano de Ação – Contingência e Monitoramento COVID-19 que estabelece normas e procedimentos a serem seguidos com medidas de prevenção, controle e contenção da disseminação da doença. A associação também disponibilizou duas linhas telefônicas para atendimento aos clientes que desejam informações relacionadas aos boxes, são elas (67) 3383-3157 e (67) 3026-3977.

Ainda de acordo com o Mercadão Municipal, cerca de 70% a 80% dos comerciantes do local realizam entregas.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, é necessário oportunizar a ampla divulgação de informações relacionadas aos atendimentos à população.

“É importante o campo-grandense saber quais locais estão em funcionamento e quais não estão. Bem como, quais locais estão disponibilizando os serviços de delivery, para assim evitar a circulação de pessoas nas ruas. Precisamos ter todo o cuidado necessário”.

Parque das Nações

O Parque das Nações Indígenas (PNI) continuará aberto a visitação pública, informou o gerente de Unidades de Conservação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Leonardo Tostes Palma. Entretanto, em decorrência da epidemia do Covid-19 que obrigou o Governo do Estado a adotar várias medidas restritivas e até a suspender as aulas na Rede Estadual de Ensino, o Imasul pede que sejam evitadas atividades em grupo no PNI nas próximas semanas.

“Vamos fixar faixas nas oito entradas do Parque orientando os frequentadores a adotar algumas medidas básicas. Uma delas é evitar atividades em grupo, como aulas de Yoga, comemorações de aniversário, atividades esportivas em geral. Também advertimos os pais quanto aos brinquedos no parque infantil, para fazerem a higienização antes e depois do uso”, disse Palma.

A decisão pode ser revista nos próximos dias, dependendo do andamento da situação. “Por enquanto está mantida a manutenção do Parque, então temos condições de continuar com a visitação. Porém se a situação se agravar e as equipes de manutenção suspenderem os serviços, aí teremos que rever essa decisão”, frisou.

Frequentar espaços abertos como o Parque das Nações Indígenas é considerado seguro pelas autoridades de Saúde. O contágio do vírus se dá, sobretudo, em locais fechados. O gerente do Imasul salienta que é importante os usuários levarem um frasco de álcool gel para higienizar as mãos sempre que tocar em qualquer equipamento público, evitar levar as mãos à boca e olhos e seguir todas as recomendações das autoridades de Saúde Pública.

Já as visitações aos Parques Estaduais do Prosa e das Matas do Segredo estão suspensas por tempo indeterminado.


Voltar


Comente sobre essa publicação...