Semana On

Sexta-Feira 14.ago.2020

Ano IX - Nº 405

Campo Grande

Acesso gratuito à internet é ampliada em 500% na capital

Malha de fibra ótica municipal foi multiplicada por 7, afirma Prefeitura

Postado em 06 de Março de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Campo Grande aumentou em mais de 500% os locais onde são oferecidos internet grátis para o cidadão. Este dado foi apresentado pelo prefeito Marquinhos Trad durante a realização do II Fórum de Cidades Digitais de Mato Grosso do Sul, realizado na Capital.

O Fórum tem a finalidade de trazer experiências bem-sucedidas para os municípios que buscam resolver, por meio da tecnologia, os mais diversos problemas das cidades, dentro do planejamento municipal. A abertura do evento aconteceu na quinta-feira (5), no Auditório da Assomasul.

Durante o evento, o prefeito recebeu o Troféu Inovador 2020 e destacou o trabalho da Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), com o serviço da transparência, conectividade, mobilidade urbana, acessibilidade e segurança. Ele ressaltou que Campo Grande tem alcançado ótimos resultados, sendo reconhecida nacionalmente como uma cidade inteligente, por utilizar suas ferramentas para melhorar a vida do campo-grandense.

“Dentre as conquistas tecnológicas, posso destacar o aumento da rede municipal de fibra ótica, que é responsável por fornecer sinal de internet e acesso aos sistemas nas centenas de unidades municipais. Oferecemos internet grátis ao cidadão, cobrindo todas as unidades de saúde 24 horas, parques, praças e toda a Rua 14. Falo também sobre as câmeras de segurança espalhadas pelo Município, os sistemas que criamos ouvindo a população e que trouxeram resultados significativos como: a diminuição no uso de papel e o fim das filas no período de matrículas e na emissão do passe do estudante”, frisa Marquinhos.

O diretor-Presidente da Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), Paulo Fernando Cardoso, ressalta que o objetivo do Fórum digital é pensar no surgimento das cidades inteligentes, que utilizam a tecnologia de forma estratégica, visando desenvolvimento para melhorar a vida das pessoas. Comparando com o cenário encontrado em 2016, aumentamos em mais de 5 vezes o número de pontos de wifi grátis e em mais de 7 vezes o tamanho da malha de fibra ótica municipal

“Este evento dá a oportunidade para os municípios trocarem experiências, conhecimento, além de apresentar ferramentas tecnológicas criadas pela prefeitura que refletem na população. Aqui, nós podemos mostrar o que construímos na área de tecnologia, ouvir e conhecer os trabalhos dos outros municípios de MS. Esses municípios têm grande trabalho e vamos construir juntos novas ferramentas de trabalhos tecnológicos”, completou.

Para o prefeito de Naviraí, José Izauri de Macedo, o Fórum das Cidades Digitais representa muito para seu Município e sua equipe acompanha os eventos desde 2018, quando aconteceu o primeiro Fórum realizado em Guaíra.

“Nós participamos desse terceiro fórum e neles buscamos o aparato tecnológico de nossa cidade, no sentido de implementar todas as medidas tecnológicas que venham facilitar a gestão e o atendimento ao cidadão, que é destinatário dos serviços prestados pelo município. Então, isso representa nossa busca incessante no sentido de estarmos nos atualizando dentro do contexto deste universo tecnológico”, completou.

O prefeito de Bonito/MS, Odilson Arruda Soares, destaca a importância da troca de informações digitais. “Estamos participando deste evento para buscar mais conhecimento e, se possível, mais tecnologia da informação para implantar em nossa cidade, que hoje é um potencial no turismo de Mato Grosso do Sul”, opinou.

Requalificação da Rua 14 de Julho

A Requalificação da Rua 14 de Julho embarca várias premissas para uma Cidade Inteligente, com o embutimento das redes elétrica e telefônica (1.400 metros da via, foram retirados 96 postes e mais de 11 quilômetros de cabos aéreos de média e baixa tensão); Outros pontos foram trabalhados, como: mobilidade, conquistada com o novo layout de calçadas rebaixadas; pintura indicativa e sinalização moderna.

Videomonitoramento

O videomonitoramento foi ampliado em Campo Grande no ano de 2015, quando 22 aparelhos foram instalados na Região Central. Em 2017, na atual gestão, começaram a funcionar efetivamente. Já no ano passado, com a inauguração da nova 14 de Julho, mais 17 câmeras foram instaladas. Com o auxílio desses equipamentos, a Guarda Civil Municipal atendeu 35 ocorrências.

 Locais de instalação das câmeras:

Em Campo Grande, foram instaladas câmeras na Rua 14 de Julho, da Avenida Fernando Correa da Costa até a Avenida Mato Grosso e no perímetro Central, no quadrilátero entre a Rui Barbosa, Calógeras, Avenida Mato Grosso e Rua 26 de Agosto, Cabeça de Boi e Orla Morena.

Mais 32 câmeras devem ser instaladas com a conclusão do Corredor de Ônibus da Rui Barbosa a cada 150 metros. Até o final de 2020, 71 câmeras devem estar em funcionamento, garantindo mais segurança à população.


Voltar


Comente sobre essa publicação...