Semana On

Quarta-Feira 02.dez.2020

Ano IX - Nº 421

Cultura e Entretenimento

Sarau de Trocas traz projetos sociais, relíquias, cultura e sustentabilidade

Segunda edição do projeto acontece neste domingo

Postado em 28 de Fevereiro de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A segunda edição do Sarau de Trocas acontece neste domingo (1º), das 8h às 12h, na Associação Guaicurus, que fica na Rua Elesbão Murtinho, 645, no bairro Universitário. O evento é oportunidade para encontrar e fazer novos amigos, fazer trocas de produtos e serviços.

 A primeira edição do Sarau de Trocas foi realizada no dia 2 de fevereiro no mesmo local. Para a segunda edição os organizadores convidaram o Centro de Integração da Criança e do Adolescente (Cica), que atua na formação social e educacional de crianças e adolescentes, no bairro Rita Vieira.

Os representantes do Cica vão apresentar para a comunidade o que é feito pelas crianças e adolescentes e também vão receber doação de alimentos não perecíveis.

A Associação dos Amigos do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian também vai ter representante falando do trabalho realizado pela entidade. Também vão receber doações durante o Sarau de Trocas. 

O youtuber Caio Henrique Romero vai montar um posto de coleta de tampinhas rígidas (tampa de amaciante, pasta de dente, de remédio, etc) e lacres de latas de refrigerante/cerveja. Ele é representante da campanha nacional do Hospital do Amor que está arrecadando estes materiais que serão levados para São Paulo, vendidos e toda renda revertida para aquisição de cadeiras de rodas e alimentos para manter casa de apoio que acolhe parentes dos pacientes em tratamento.

No espaço para exposições, Ruan Pina Quevedo vai mostrar um pouco das suas produções com versatilidade entre charges, cartuns e trabalhos em óleo sobre tela. Para o Sarau de Trocas, Ruan vai focar mais nas produções de caricaturas.  O músico Adriano San também é presença confirmada no próximo domingo, com interpretações do melhor da MPB.

Apaixonados por carros antigos vão levar algumas relíquias para apresentar ao público. Eles vão realizar junto ao Sarau de Trocas o Encontro Interclubes de Relíquias. O músico Adriano San, por exemplo, vai levar seu Fusca 1977.

Para quem gosta de plantas também vai ter informações. Marta Gomide, representando a Associação Campograndense de Orquidofilia e Ambientalismo (ACOA) vai levar orquídeas, cactos, suculentas e artes medicinais. Uma oportunidade para conhecer variedades e saber sobre cultivo.

A RM Bonsais vai participar pela segunda vez do Sarau de Trocas. Bonsais floríferos, coníferos e fritíferos como um belo exemplar feito de jabuticaba produzindo. Haverá poda durante o Sarau para demonstrar como é desenvolvida esta técnica milenar oriental.

Paulo e Nidi Scalabrini vão levar roupas e acessórios indianos, tudo abaixo do preço de mercado. Uma excelente oportunidade para também conhecer sobre esta cultura e adquirir peças.

 A Z Ateliê participa pela segunda vez do Sarau de Trocas e desta vez com muito mais peças, sendo umas para venda e outras para trocas: laços para cabelo, scrunchies (xuxinhas), tiaras e faixas.

Sarau de Trocas

O Sarau de Trocas surgiu da sugestão de amigos e com o tempo foi ganhando forma e vai acontecer todo primeiro domingo de cada mês, das 8h às 12h. A regra geral é: se você tem algo que não usa mais, está em boas condições de uso e quer trocar pode ir até o sarau. É válido também para serviços, mas tudo será negociado entre as partes e os organizadores vão disponibilizar apenas o espaço.

O idealizador do sarau é o vereador Eduardo Romero, que por nove anos promoveu em sua casa o Sarau dos Amigos que, além de ofertar um espaço para os artistas da cidade, também fomentava as pequenas vendas que iam de caldos, docinhos, bolos, espetinho, artesanato e obras de arte. O Sarau de Trocas tem parceria com o Instituto de Apoio e Proteção a Pesquisa, Educação e Cultura (IAPPEC). 'O Sarau de trocas vai ter praticamente tudo que o Sarau dos Amigos tinha, mas o foco agora é oportunizar um local para as pessoas promoverem este intercâmbio de peças, objetos e serviços, além de espaço cultural para quem quiser mostrar sua arte', frisa.

No espaço, cada pessoa que levar seus objetos para troca também é responsável pela logística e o material que vai precisar como, por exemplo, mesa. No local haverá venda de salgados, água e refrigerante. Para saber mais sobre o Sarau de Trocas, entre em contato pelo: 3316-1534.


Voltar


Comente sobre essa publicação...