Semana On

Quarta-Feira 28.out.2020

Ano IX - Nº 416

Mato Grosso do Sul

Ainda não decidiu para onde ir no Carnaval? Mato Grosso do Sul tem opção para todos os gostos

Confira seis destinos para descansar e contemplar as belezas do Estado

Postado em 19 de Fevereiro de 2020 - Redação Semana On

Rota Norte Costa Rica, Parque Salto do Sucuriú (VisitMS) Rota Norte Costa Rica, Parque Salto do Sucuriú (VisitMS)

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Carnaval no MS está cada vez mais animado, mas não é todo mundo que quer cair na folia. Pensando nisso, confira alguns destinos sul-mato-grossenses para brincar o carnaval e outros para descansar. Todo mundo pode aproveitar um dos feriados mais esperados do ano.

A folia acontece em várias cidades, que estão cada vez mais investindo num carnaval de qualidade. O destino mais tradicional da folia sul-mato-grossense é Corumbá, um dos maiores e mais organizados carnavais de Mato Grosso do Sul. Corumbá é destino certo para quem gosta da festa mais popular do Brasil. Vai ter desfile de blocos de rua, shows locais e nacional, cortejo de carnaval e de Momo, roda de samba no Porto Geral, desfile infantil, baile de carnaval, cordões carnavalescos e desfile das Escolas de Samba. Enfim, festa é o que não falta na Cidade Branca e só fica parado quem quer.

Outras cidades de Mato Grosso do Sul também já têm a festa de carnaval programada para 2020, como é o caso de Aquidauana que promete resgatar um dos melhores carnavais do MS. Haverá desfile e concurso de Escolas de Samba, concurso de Bloco, escolha do Rei e da Rainha e concurso de fantasia na Avenida Pantaneta, palco de muita folia em anos anteriores.

Campo Grande há alguns anos vem mostrando que o carnaval veio para ficar. A capital terá saída de vários blocos de rua na Esplanada Ferroviária e em outros locais da cidade; bailes de carnaval em clubes privados e o tradicional desfile das Escolas de Samba, na Praça do Papa.

Como em outros anos, a prefeitura municipal de Costa Rica promove o Costa Folia, no Centro de Eventos Ramez Tebet. Em Paranaíba acontece o Carnaíba, com shows de bandas e duplas sertanejas. O carnaval de rua do município, com estrutura coberta, acontece há mais de 20 anos na avenida Major Francisco Faustino Dias. Já a folia de Porto Murtinho será na beira do rio, na Orla do Rio Paraguai.

Em Rio Verde, a prefeitura não confirmou carnaval de rua, mas informou que os balneários realizam as folias todos os anos. O município de Rochedo vem com o tradicional Rochedo Folia, com entrada franca, e promete 4 noites de festa carnavalesca e 2 dias de matinê. Em Três Lagoas os desfiles, bailes e matinês de carnaval acontecem no Pátio do Galpão da Antiga N.O.B. O recinto foi escolhido por ter o melhor acesso para a população se divertir e retornar em segurança.

Turismo durante e depois do carnaval

Mas, você é daqueles que prefere uma viagem ao invés de cair na folia? Mato Grosso do Sul tem várias opções de destinos há poucos quilômetros de distância. Para quem gosta de aproveitar a natureza o estado tem o Pantanal, com seus hotéis fazenda, tem a pesca esportiva, safáris e passeios de contemplação. Tem a região Cerrado Pantanal, com suas inscrições rupestres, trilhas e contemplação nos parques naturais de Alcinópolis e atividades de aventura em Costa Rica, como tirolesa, trilhas e cachoeiras.

Além de tudo isso, tem a região de Bonito-Serra da Bodoquena, com muito ecoturismo e turismo de aventura. Bonito, onde o carnaval de rua não acontece há alguns anos, está preparada para receber os amantes da natureza durante o carnaval ou depois dele. Uma novidade é que os empresários locais estão oferecendo descontos de até 60% para os sul-mato-grossenses que quiserem aproveitar o destino na baixa temporada (fora dos feriados e férias escolares).

Segundo o diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS, Bruno Wendling, esta ação promocional vem ao encontro do que foi traçado no Mapa Estratégico do Turismo de MS 2019/2029, elaborado pelo Conselho Estadual de Turismo (CET). “Ficamos muito felizes com essa ação do trade turístico, pois ela é um desdobramento do que planejamos para o desenvolvimento do turismo estadual nos próximos 10 anos. A ideia é que outros destinos também sejam motivados por ações como esta de Bonito, já em 2020. Esperamos que o sul-mato-grossense aproveite muito as oportunidades oferecidas e conheça as belezas de sua terra”, finaliza.

Sete destinos imperdíveis

Enquanto algumas pessoas aproveitam os cinco dias de carnaval para cair na folia, outras preferem aproveitar os dias de feriado de forma mais reservada. Mato Grosso do Sul é um celeiro de belezas naturais, e as opções são inúmeras.

Com base na rota do turismo do Estado o Portal MS elaborou uma lista de cidades que podem ser o destino dos dias de carnaval para quem prefere a tranquilidade de uma pousada, degustando a gastronomia regional, e experimentando passeios de barco, mergulho, flutuação, cavalgada, observação de aves ou até mesmo safari para admirar as belezas de MS.  

A exuberância do Parque Nacional da Serra da Bodoquena e do Complexo do Pantanal são os principais destinos de turismo ecológico do Brasil, com fama internacional. Quando se fala em contemplar a natureza, é impossível não pensar nessas regiões, que possuem uma extensa lista de atrativos que podem ser realizados preferencialmente acompanhados de guias.

Bonito – Eleito pela 16° vez como melhor destino do ecoturismo do Brasil pela revista especializada Viagem e Turismo, Bonito é o destino perfeito para quem curte paisagens naturais. A cidade tem pelo menos 40 atrativos em meio a natureza, como cachoeiras, grutas, aquário natural e rios com aguas cristalinas. Cidade a 298km de Campo Grande.

Jardim – Opção para famílias que queiram admirar as belezas naturais do local, como por exemplo, a contemplação do Buraco das Araras ou uma visita a Lagoa Misteriosa. Outra opção é o balneário municipal da cidade. Cidade a 237km da Capital.

Bodoquena – Famosa pela grande quantidade de cachoeiras abertas à visitação, a cidade faz parte da unidade de conservação Parque Nacional da Serra da Bodoquena, e além da possibilidade de contemplação do parque, possui uma imensa diversidade de aves e mamíferos. Durante a trilha ecológica da Boca da Onça, é possível contemplar não só as belezas naturais do local, mas também mergulhar nas piscinas naturais de águas cristalinas e tomar banho nas cachoeiras. Bodoquena fica a 266 km de Campo Grande.

Aquidauana – Distante a 141km da Capital, a cidade é a porta de entrada para o Pantanal, maior planície alagada do mundo com 250 mil quilômetros quadrados de extensão. De lá até Miranda, são 74 km, e mais 191 km para chegar em Corumbá. O local possui grande variedade de atrações turísticas, como as belezas naturais da Serra de Maracaju, um conjunto de montanhas, campos de cerrado e a planície pantaneira, com cachoeiras, cavernas e até praias de areia branca às margens do Rio Aquidauana.

Miranda – A cidade conhecida como Portal do Pantanal tem o turismo rural como uma de suas principais referências econômicas. Miranda tem diversas fazendas turísticas, entre as opções estão Fazenda São Francisco e a Fazenda Caiaman, abertas para visitação o ano inteiro. Miranda está a 208 km da Capital.

Costa Rica – A cidade é considerada um paraíso para quem curte a natureza. Cercada por quatro parques naturais abertos aos visitantes para o contato com a mata virgem, exploração de trilhas, e os sítios arqueológicos. Parque Estadual Nascentes do Rio Taquari, Parque Nacional das Emas, Parque Natural Municipal da Lage e Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú. A cidade está a 345 km de Campo Grande.


Voltar


Comente sobre essa publicação...