Semana On

Terça-Feira 14.jul.2020

Ano VIII - Nº 401

Coluna

'Vamos para o 2º turno' diz André ao lançar Márcio Fernandes para prefeito da Capital

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 12 de Fevereiro de 2020 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

"Acabamos de lançar o Márcio para prefeito e vamos para o segundo turno" disse André Puccinelli durante de lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Márcio Fernandes à Prefeitura de Campo Grande. O ex-governador que vai coordenar a campanha na Capital explicou que a chapa de vereadores da sigla já está completa, com 44 pré-candidatos presentes ao evento, sendo dezoito mulheres, três a mais do que o exigido por lei. "Nossa chapa já está montada e é a que mais tem mulheres", afirmou André. Os próximos passos serão as articulações com outros partidos. Indagado sobre a vaga de vice da chapa majoritária, Puccinelli declarou: "Vice é o último a ser escolhido. Isso vai ficar mais pra frente. Eventualmente será uma mulher. Vamos ver". Também por telefone, o agora pré-candidato Márcio Fernandes se mostrou empolgado: "Estou animado e me sinto preparado para essa missão. Quem teme perder já está vencido!".

Laudo que dá base à CPI da Assembleia é 'sem valor técnico e legal', diz Energisa

A CPI da Energisa criada na Assembleia para apurar supostas irregularidades em contas de energia elétrica emitidas pela concessionária em Mato Grosso do Sul ouviu nesta semana sua primeira testemunha, o tecnólogo em eletrotécnica industrial que emitiu o parecer que embasou a criação da comissão no ano passado. "A pedido da comissão, o depoimento foi coletado sob sigilo e não será detalhado no momento", divulgou a assessoria. "Graças ao parecer técnico emitido por ele, tivemos argumentos para apresentar um fato determinado e instaurar esta CPI", disse o deputado Felipe Orro (PSDB), presidente da comissão, acrescentando que as informações "auxiliarão na tomada de decisões futuras" e "na solicitação de perícias técnicas". Consultada, a concessionária enviou nota à seginte nota TV Morena e aqui ao Blog: "A Energisa esclarece que o parecer apresentado pelo tecnólogo, ontem na reunião da CPI, não atende aos parâmetros técnicos mínimos recomendados pelo INMETRO e que, a empresa dele também não é credenciada no INMETRO, o que torna o laudo sem valor técnico e legal."

Claro é o novo líder do governo na Alems

O deputado Gerson Claro (PP) é o novo líder do governo de Mato Grosso do Sul na Assembleia Legislativa, em substituição a Barbosinha (DEM), que deixou o cargo neste início de ano para disputar a cadeira de prefeito de Dourados. O deputado Eduardo Rocha (MDB) é agora o vice-líder.

Prefeito apresenta nova lei para motoristas de aplicativos em Campo Grande

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) se reuniu com dirigentes da recém-criada União dos Motoristas de Aplicativos (Uma) de Campo Grande para mostrar o novo projeto de lei para regular o serviço na cidade, que foi enviado à Câmara dos Vereadores. Além do prazo de 90 dias para a lei entrar em vigor, o presidente da Uma, Fernando França, diz que o novo texto extingue a exigência de exame toxicológico, dá mais um ano de prazo para vetar veículos com mais de oito anos no serviço e reduz o valor das multas: a leve baixa de R$ 250 para R$ 200, a média de R$ 500 para R$ 400 e a pesada de R$ 1.000 para R$ 500. Os motoristas terão só obrigação de pagar o seguro obrigatório do veículo DPVAT. "Outros seguros serão por conta das operadores", afirmou França no vídeo abaixo enviado aos associados.

Golpista invade celular de assessora de Nelsinho e pede dinheiro a contatos

Golpistas clonaram o celular da jornalista Larissa de Almeida, assessora do senador Nelsinho Trad (PSD-MS), e estão pedindo dinheiro aos contatos dela por meio do WhatsApp. "Não passe nenhuma informação e nem aceite nada!" avisa a também jornalista e também assessora Neiba Oba em mensagens aos contatos da assessoria. O golpe já é conhecido. O hacker se faz passar por Larissa e pede um "favor" ao contato para transferir dinheiro porque a conta dela teria "excedido o limite". No caso das mensagens acima aqui enviadas pediram há pouco para transferir R$ 4.990 até o limite "voltar" amanhã. Como o golpe é manjado, a gente avisou o senador. "Acionei a polícia do Senado que já investiga o caso", disse Nelsinho.

Marquinhos defende Santa Casa: 'Deixa ajudar o povo'

O lançamento do programa "Santa Casa nos Bairros" em Campo Grande gerou reclamações de alguns políticos pelo fato de o presidente da associação mantenedora do hospital, Esacheu Nascimento, ser pré-candidato do Progressistas à prefeitura. Também pré-candidato, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) disse ao Correio do Estado que o caso deveria ser investigado pelo MP; e o vereador Chiquinho Teles, líder do prefeito Marquinhos Trad (ambos do PSD) na Câmara, disse ao jornal: "É uma ação eleitoreira. Ele se filiou ao PP e sempre foi contra a gestão do Marquinhos".

O prefeito, entretanto, preferiu ser político ao falar do assunto. Até defendeu o projeto, mas jogou a bola para a Justiça Eleitoral, ao inaugurar ontem a pista de atletismo e a academia ao ar livre no Parque Ayrton Senna, ao lado do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). "Está ajudando a população, não está? Deixa ajudar o povo. Agora, se tem alguma coisa na Justiça Eleitoral, não vai partir de mim. Eu, por mim, tem que deixar ajudar o povo", disse Marquinhos ao site Midiamax.

Por meio de um ônibus, o "Santa Casa nos Bairros" realiza exames preventivos como papanicolau, mamografias e PSA, consultas, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e atividades como aulas de zumba e corte de cabelo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...