Semana On

Quarta-Feira 25.nov.2020

Ano IX - Nº 420

Comportamento

Mindfulness pode aliviar estresse de pessoas perfeccionistas, diz estudo

A meditação de atenção plena é uma ótima aliada para aliviar a tensão e a ansiedade em indivíduos que buscam pela perfeição em certas atividades

Postado em 11 de Fevereiro de 2020 - Galileu

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Um estudo feito pela Universidade Bowling Green State, nos Estados Unidos, mostrou que a meditação de atenção plena, conhecida como mindfulness, pode ajudar pessoas perfeccionistas a se recuperarem do estresse causado pela obsessão de fazer tudo “perfeitamente” em certas atividades.

O mindfulness não é uma meditação daquelas em que o indivíduo fecha os olhos, fica em silêncio e respira fundo. Ela engloba um conjunto de técnicas que busca um elevado nível de concentração mental e emocional em qualquer atividade que você esteja fazendo — cozinhando, caminhando ou mesmo cumprindo suas tarefas do trabalho.

Para a pesquisa, publicada no último dia 4 de fevereiro no periódico Psychophysiology, os especialistas recrutaram 120 estudantes universitários. Todos eles haviam tido uma alta pontuação em uma ferramenta que avaliava seu grau de perfeccionismo — ou seja, a necessidade de ser ou querer parecer perfeito em certos contextos.

Os voluntários, então, fizeram sessões de mindfulness enquanto os estudiosos mediam sua frequência cardíaca, a fim de analisar como eles se recuperavam da tensão. Os pesquisadores viram que as sessões de meditação, que estimulavam o não julgamento e a aceitação, levaram os estudantes a uma melhor recuperação do estresse, em comparação com as sessões gerais de meditação.

Para Hannah Koerten, principal autora do estudo, o trabalho mostra a importância dessas práticas no tratamento de pessoas com obsessão pelo perfeccionismo."Este estudo amplia as descobertas dos pesquisadores da atenção plena e sugere a importância potencial do não julgamento das emoções e experiências durante a prática de mindfulness para os perfeccionistas", disse a professora.


Voltar


Comente sobre essa publicação...