Semana On

Terça-Feira 07.jul.2020

Ano VIII - Nº 400

Campo Grande

Casa da Mulher Brasileira comemora cinco anos de existência com redução de crimes graves

Primeira das sete construídas no País, unidade já fez 70 mil atendimentos

Postado em 05 de Fevereiro de 2020 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande, referência nacional no combate e atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica, completou cinco anos de existência no último dia 3. Ela foi a primeira das sete construídas no País e já comemora atendimento a 70 mil mulheres desde a inauguração.

“Quando uma mulher resolve entrar por essa porta, ela  deve ter a certeza que terá um escudo lá fora. E esse tem sido os esforços de vocês, além de dar todo suporte e orientação para que essas mulheres refaçam a vida delas”, declarou o prefeito Marquinhos Trad. “Recentemente, estive em Brasília e, para minha alegria, a ministra Damares Alves, da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos,  elogiou o empenho de vocês”, reforçou.

Segundo a subsecretária de Políticas para a Mulher, Carla Stephanini, o sucesso da Casa da Mulher Brasileira se reflete na diminuição de crimes graves e no reconhecimento das mulheres vítimas de violência que procuram a Casa. “Os números recentes demonstram que estamos no caminho certo. Se nós compararmos os dados da Segurança Pública Estadual da Polícia Civil, de 2018 e 2019, embora tenha sido registrado um aumento dos boletins de ocorrência relacionados à violência doméstica, os crimes graves como feminicídio, ameaça, lesão corporal dolosa e estupro foram reduzidos. Isso demonstra que nossa equipe está de fato empenhada para que esses crimes sejam cada vez mais reduzidos”.

Serviços

O grande diferencial da Casa da Mulher Brasileira é oferecer em um único local serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia, Juizado; Ministério Público, Defensoria Pública, promoção de autonomia econômica e até mesmo cuidado com as crianças – brinquedoteca, alojamento de passagem e central de transportes.

A Casa faz parte do Programa Mulher Segura e está vinculada à Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres. Seu principal objetivo é facilitar o acesso aos serviços especializados no combate à violência doméstica além de garantir condições que promovam o empoderamento da mulher e sua autonomia econômica.

Em funcionamento 24 horas por dia, a Casa fica localizada na Rua Brasília, Lote A, Quadra 2 s/n – Jardim Imá. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (67) 2020-1300.

Números (03/02/2015- 31/12/2019)

Recepção – atendimentos às
mulheres (também com retorno das
mesmas): 68.173

Atendimentos e encaminhamentos
realizados nos setores integrados:  441.885

DEAM – Delegacia Especializada
de Atendimento à Mulher: Boletins de Ocorrências: 36.559

3ª Vara de Violência Doméstica e
Familiar c/ a Mulher: Concessão de Medidas Protetivas: 16.935

MPE – 72a Promotoria de Justiça atendimentos: 64.590

Defensoria Pública atendimentos: 19.142

GCM/Patrulha Maria da Penha atendimentos: 30.064


Voltar


Comente sobre essa publicação...