Semana On

Quarta-Feira 25.nov.2020

Ano IX - Nº 420

Mato Grosso do Sul

Pagamento do 13° do funcionalismo estadual aumenta expectativa de vendas no comércio

82% dos empresários esperam vendas iguais ou maiores que as do ano passado

Postado em 19 de Dezembro de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Desde ontem (18), servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso do Sul podem fazer o saque dos valores referentes ao 13° salário. Os pagamentos em dia por parte do Governo do Estado, refletem diretamente na expectativa dos lojistas, pois é um dinheiro que potencializa o poder de compra do consumidor nesta época do ano, além de representar uma grande movimentação na economia regional.

Dados da Pesquisa Perspectiva Empresarial feita em todo país pela Boa Vista, apontam que 82% dos empresários esperam vendas iguais ou maiores que as do ano passado. Já a pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo da mesma instituição, e específica para o uso do 13º salário, indica que houve queda de 45% para 33%, no percentual de consumidores que usarão a renda extra de fim de ano para pagar as contas, ou seja, há intenção de consumo. 

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campo Grande, Adelaido Vila, há uma grande expectativa em torno do pagamento, inclusive com reforço de pessoal nas empresas. “O Governo do Estado está de parabéns por mais uma vez cumprir o compromisso. O salário do servidor vem com a condição de valor agregado, pois é comprovado por meio de pesquisa que tirando o servidor público, a média salarial geral é de R$ 1,2 mil. Então a expectativa é grande, pois o consumo é maior”, destaca.  

“É muito importante a visão que o Governo do Estado tem de liberar o quanto antes o 13º, isso é muito positivo. Para o setor de supermercados acreditamos que vamos ter um crescimento de 3,5% a 3,7% em relação ao ano passado, graças a essas ações de liberar os recursos para o consumidor e pela melhoria da conjuntura”, afirmou Edmilson Verati, presidente da Associação Sul-mato-grossense de Supermercados (Amas)

Na rua 14 de Julho, revitalizada e entregue recentemente, é unanime a expectativa de movimentação a partir desta quinta-feira (19.12). “Esperamos um aumento de 80%”, afirma Bruna Moraes, representante de uma loja do setor de bijuterias e acessórios femininos. “Nessa semana já foi melhor o movimento, e a gente está esperando que seja bem melhor a partir de amanhã”, afirma Tatiani Aparecida da Silva, líder de uma loja de roupas no centro. Há 15 anos no ramo de vestuário, Elizangela Graciano da Mota também está preparada. “Nessa época do ano o movimento aumenta 100% e estamos preparadas”.

Atuando no ramo de alimentação, Roberto Rachid Bacha também está confiante. “Acredito que vai ser um final de semana, e um início de semana muito positivo. Uma injeção de capital que chega num momento muito bom”, avalia. O jovem Carlos Ortiz, responsável por uma loja de acessórios para celulares afirma que a pretensão é que as vendas sejam duplicadas. “A 14 ficou muito legal, o comércio está fluindo bem, mas a gente precisa que melhore, e a expectativa com a liberação do 13° é a melhor possível”.

A liberação das três ultimas folhas salariais do funcionalismo Estadual no período de 30 dias, representa a movimentação de R$ 1,4 bilhão na economia do Estado. O montante é a somatória das folhas de novembro, dezembro de 2019 e 13° salário.


Voltar


Comente sobre essa publicação...