Semana On

Quinta-Feira 09.jul.2020

Ano VIII - Nº 400

Campo Grande

Clube Surian será transformado em Emei após atuação da Câmara e Prefeitura

Donos do clube aceitaram acordo para extinção de dívidas com o Executivo, com uma série de contrapartidas

Postado em 19 de Dezembro de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Câmara Municipal de Campo Grande oficializou, no último dia 17, acordo com a Câmara de Conciliação Fiscal do Município, para que o antigo Clube Surian se transforme em Emei (Escola Municipal de Educação Infantil).

“Esse ato de reveste de um perfume. O mesmo perfume que está exalando pela nossa cidade. Um perfume de qualidade de vida, de alegria e de realizações. Hoje, celebramos um ato onde Câmara e Prefeitura demonstram, com gestos, essa harmonia que existe entre os poderes e, por isso, conseguimos avançar. A população sente isso nas entregas que fazemos juntos. Não há supremacia: há parceria”, disse o presidente da Câmara, vereador Prof. João Rocha.

Os donos do clube, que foi palco de eventos em Campo Grande por muitos anos, aceitaram o acordo para extinção de dívidas com o Executivo, com as seguintes condições: manter o nome do clube (a escola será chamada Emei Surian), preservar a fachada e arquitetura do prédio e manter na escola um memorial com a história do clube.

“É bom para a cidade, não apenas para a Prefeitura. Afinal de contas, algo que poderia se desenvoltar por muitos anos, com PoOder Judiciário. Isso foi resolvido de forma conciliatora. E a cidade recebe o patrimônio e ainda uma doação para que a gente possa levar o maior número de vagas para as crianças do ensino fundamental”, disse o prefeito Marquinhos Trad.

A Emei receberá 400 crianças, do berçário ao grupo 5, com espaço para amamentação, biblioteca, sala de multimídia, espaço lúdico, brinquedoteca, entre outros espaços necessários para o atendimento e desenvolvimento nesta fase inicial da vida da criança.

“Deixávamos o prédio deteriorar, ou doávamos para a Prefeitura, em benefício da população? Achamos melhor doar. Vai ter uma escola, vai ser um negócio muito bom. As mães poderão trabalhar e deixar seus filhos bem cuidados”, disse Luiz João Chacha, presidente do clube.


Voltar


Comente sobre essa publicação...