Semana On

Quarta-Feira 22.jan.2020

Ano VIII - Nº 376

Coluna

Filme de Fernando Meirelles recebe quatro indicações ao Globo de Ouro

Dirigido pelo cineasta brasileiro e estrelado por Anthony Hopkins, "Dois papas" concorre a melhor filme de drama, melhor roteiro, melhor ator e melhor ator coadjuvante

Postado em 11 de Dezembro de 2019 - DW

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O filme Dois papas, dirigido pelo cineasta brasileiro Fernando Meirelles, recebeu  quatro indicações ao Globo de Ouro de 2020, premiação que ocorre em 5 de janeiro em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Além de melhor filme de drama, Dois papas foi indicado também nas categorias de melhor ator, com Jonathan Pryce, que interpreta o papa Francisco na produção; melhor ator coadjuvante, com Anthony Hopkins, como Bento 16; e melhor roteiro, para Anthony McCarten.

Uma produção Netflix, o filme narra a história do encontro entre o então papa Bento 16 e aquele que seria o próximo chefe da Igreja Católica, o argentino Jorge Mario Bergoglio, em 2012. Na ocasião, eles conversam sobre o futuro do catolicismo e os rumos da Igreja antes de Francisco assumir o papado.

Meirelles se pronunciou sobre a indicação no Twitter e convidou o público a assistir ao filme nos cinemas. "Dois papas acaba de ser indicado a melhor filme no Golden Globes [Globo de Ouro]. Está em cartaz. Vale ver numa sala", escreveu.

As outras produções indicadas a melhor filme de drama são História de um casamento, de Noah Baumbach; o épico criminal O irlandês, dirigido por Martin Scorsese; Coringa, que conta a saga do vilão do Batman; e 1917, sobre uma missão na Primeira Guerra Mundial.

Representante do Brasil para uma indicação a melhor filme em língua estrangeira, A vida invisível, do diretor cearense Karim Aïnouz, não foi selecionado. O favorito nessa categoria é o sul-coreano Parasita, que concorre ainda com The farewell (mandarim e inglês), Dor e glória (espanhol), Retrato de uma jovem em chamas (francês) e Les Misérables (francês).

História de um casamento, também da Netflix, foi o líder de indicações, tendo sido nomeado em seis categorias: melhor filme de drama; melhor atriz, com Scarlett Johansson; melhor ator, com Adam Driver; melhor atriz coadjuvante, com Laura Dern; melhor roteiro, para Noah Baumbach; e melhor trilha sonora original.

O ranking dos mais indicados segue com Era uma vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino e estrelado por Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, e O irlandês, que tem um elenco de peso encabeçado por Al Pacino e Robert De Niro, ambos os longas com cinco indicações cada.

A Netflix dominou as nomeações em 2020, conquistando 17 indicações em categorias de televisão e outras 17 em filmes, que incluem três concorrentes a melhor filme de drama: O irlandês, além de História de um casamento e Dois papas.

Confira a lista de indicados nas principais categorias:

Melhor filme de drama

O irlandês
História de um casamento
Dois papas
1917
Coringa

Melhor filme musical ou de comédia

Era uma vez em... Hollywood
Jojo Rabbit
Entre facas e segredos
Rocketman
Meu nome é Dolemite

Melhor diretor de filmes

Bong Joon-ho (Parasita)
Sam Mendes (1917)
Todd Phillips (Coringa)
Martin Scorsese (O irlandês)
Quentin Tarantino (Era uma vez em... Hollywood)

Melhor atriz de filme de drama

Cynthia Erivo (Harriet)
Scarlett Johansson (História de um casamento)
Saoirse Ronan (Adoráveis mulheres)
Charlize Theron (O escândalo)
Renée Zellweger (Judy: muito além do arco-íris)

Melhor ator de filme de drama

Christian Bale (Ford v Ferrari)
Antonio Banderas (Dor e glória)
Adam Driver (História de um casamento)
Joaquin Phoenix (Coringa)
Jonathan Pryce (Dois papas)

Melhor atriz de filme musical ou de comédia

Awkwafina (The farewell)
Ana de Armas (Entre facas e segredos)
Cate Blanchett (Cadê você, Bernadette?)
Beanie Feldstein (Fora de série)
Emma Thompson (Late Night)

Melhor ator de filme musical ou de comédia

Daniel Craig (Entre facas e segredos)
Roman Griffin Davis (Jojo Rabbit)
Leonardo DiCaprio (Era uma vez em... Hollywood)
Taron Egerton (Rocketman)
Eddie Murphy (Meu nome é Dolemite)

Melhor roteiro para filme

Noah Baumbach (História de um casamento)
Bong Joon-ho e Han Jin-won (Parasita)
Anthony McCarten (Dois papas)
Quentin Tarantino (Era uma vez em... Hollywood)
Steven Zaillian (O irlandês)

Melhor filme em língua estrangeira

The farewell
Dor e glória
Retrato de uma jovem em chamas
Parasita
Les Misérables

Melhor animação

Frozen 2
Como treinar seu dragão 3
Link perdido
Toy story 4
O rei leão

Melhor série de drama

Big little lies
The crown
Killing Eve
The morning show
Succession

Melhor série musical ou de comédia

Barry
Fleabag
O método Kominsky
Maravilhosa Sra. Maisel
The Politician

Melhor minissérie ou filme para TV

Catch-22
Chernobyl
Fosse/Verdon
The loudest voice
Inacreditável


Voltar


Comente sobre essa publicação...