Semana On

Quarta-Feira 22.jan.2020

Ano VIII - Nº 376

Legislativo

Projeto prevê reserva de vagas na UEMS para candidatos residentes no Estado

Proposto por Paulo Corrêa, o projeto prevê que a universidade reservará 20% das vagas de graduação a candidatos que morem no Estado há pelo menos 10 anos ininterruptos

Postado em 03 de Dezembro de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), apresentou o Projeto de Lei 311/2019 , que dispõe sobre a reserva de vagas para ingresso na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) aos candidatos que comprovem residência estabelecida no Estado.

Segundo a proposta, a universidade reservará 20% das vagas nos cursos de graduação destinadas aos candidatos que comprovem residência estabelecida no Estado por, no mínimo, 10 anos ininterruptos, em qualquer dos municípios de MS.

“Atualmente, muitos acadêmicos migram para o nosso Estado com o único objetivo de conquistar seus diplomas e depois retornam para os locais de origem ou se mudam para outras regiões do país. Desse modo, ocorre evidente prejuízo ao Estado. A aprovação desse projeto de lei é de enorme relevância e interesse público, uma vez que vai possibilitar o aumento do ingresso de cidadãos sul-mato-grossenses na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul”, justificou o autor.


Voltar


Comente sobre essa publicação...