Semana On

Segunda-Feira 26.out.2020

Ano IX - Nº 416

Coluna

Talos de couve fritos

O petisco desperdício-zero que você precisa experimentar

Postado em 20 de Novembro de 2019 - Kelly Paige - HuffPost US

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O desperdício de comida é um problema sério no Brasil e no mundo. Pesquisas mostram que desperdiçamos 1/3 de tudo que produzimos. Tudo vai parar em aterros que produzem grandes quantidades de metano, um dos gases que mais contribuem para o aquecimento global. Alimentos não consumidos também significam desperdícios dos recursos usados para produzi-los, como água e combustível.

A Move for Hunger, ONG que trabalha para acabar com o desperdício de comida, coloca as coisas em perspectiva. Segundo suas pesquisas, jogar fora meio quilo de carne equivale a jogar fora quase 25 000 litros de água. Entornar um copo de leite na pia equivale a desperdiçar quase mil litros de água.

Todos podem fazer sua parte para combater o problema. Vá ao supermercado com mais frequência e compre menos, para evitar que os alimentos estraguem antes que você possa cozinhá-los. Congele o que estiver sobrando na geladeira. Todo mundo sabe como usar restos de vegetais para fazer caldos, aproveitar os talos do brócolis em refogados e usar o pão velho para fazer farinha de rosca. Eis uma nova ideia: talos de couve fritos.

Da próxima vez que cozinhar couve, não jogue fora a parte mais dura do talo – elas podem virar um petisco delicioso. E antes que falem do problema do óleo usado na fritura, você sabia que ele pode ser reciclado? Quando o óleo estiver frio, filtre as impurezas e armazene-o em um lugar escuro; ele pode ser usado de novo em frituras. (Eis aqui uma explicação detalhada.)

Os talos da couve são fibrosos e difíceis de comer crus. O ideal é branqueá-los (mergulhe rapidamente em água fervente e imediatamente depois em água gelada). Isso também ajuda a tirar um pouco do amargor. Depois, empane-os e frite. A receita do empanado abaixo é leve e aerada, como a de um tempurá. E, claro, aproveite para tomar a cerveja que sobrar – afinal de contas o tema é evitar o desperdício, certo? (Você pode usar água com gás se não quiser cozinhar com álcool.) A receita também funciona com folhas de couve e outros legumes. 

Sirva com o molhinho de sua preferência e encante seus convidados.

Talos de couve fritos

Ingredientes

Talos de dois maços de couve, cortados em palitinhos de cerca de 7 centímetros

Meia xícara de farinha de trigo

¾ de xícara e mais duas colheres de sopa de amido de milho

1 e ¼ xícara de bicarbonato de sódio

180 ml de cerveja gelada

Óleo vegetal para fritar

Sal

Preparo

Ferva água com sal em uma panela grande. Encha um recipiente grande com água bem gelada. 

Quando a água estiver fervendo, adicione os talos de couve. Cozinhe até que fiquem macios, de 3 a 4 minutos. Escorra e imediatamente coloque na água gelada para interromper o cozimento. Escorra a água gelada e seque os talos com papel toalha. 

Aqueça o óleo a 180 graus em uma panela funda e pesada. Prepare uma travessa com papel toalha para depositar os talos fritos.

Em uma tigela grande, misture a farinha, o amido de milho, uma colher de chá de sal e o bicarbonato de sódio. Acrescente a cerveja aos poucos. A consistência deve ser parecida com a de massa de panqueca. Adicione mais cerveja caso necessário.

Mergulhe os talos na massa, deixe escorrer o excesso e leve ao óleo. Frite até que fiquem dourados, de 2 a 3 minutos. Tire do óleo e coloque na travessa. (Faça isso em várias levas, para não baixar demais a temperatura do óleo.) 

Polvilhe sal e sirva com seu molhinho predileto.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.


Voltar


Comente sobre essa publicação...