Semana On

Domingo 17.nov.2019

Ano VIII - Nº 372

Legislativo

Prof. João Rocha destaca obras dos Parques Jacques da Luz, Ayrton Senna e Sóter

Serão investidos R$ 2.276.152,78, valor captado num financiamento contratado pela Prefeitura junto à Caixa Econômica

Postado em 24 de Outubro de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Prof. João Rocha participou no Paço Municipal, na manhã da última quarta-feira (23), da solenidade de assinatura das ordens de serviço das obras de revitalização dos Parques Jacques da Luz, Ayrton Senna e Sóter.

Serão investidos R$ 2.276.152,78, valor captado num financiamento contratado pela Prefeitura junto à Caixa Econômica (linha de crédito do Finisa), complementado por contrapartida de recursos próprios. A previsão é que as intervenções nos três espaços públicos municipais   de lazer e prática desportiva, estejam concluídas até o aniversário de Campo Grande, em agosto de 2020, beneficiando moradores de três regiões urbanas (Prosa, Bandeira e Anhanduizinho).

Em seu pronunciamento, o prefeito Marquinhos Trad enalteceu a importância do trabalho desenvolvido pelo vereador Prof. João Rocha, que desde 1992, luta pela instalação de uma Pista de Atletismo no Parque Ayrton Senna, obra que já sendo executada e deve ser entregue em dezembro deste ano.

De acordo com o prefeito, “foi através do João Rocha que hoje a Pista de Atletismo tá lá, eu não conhecia o pessoal da Recom, foi ele que fez tudo isso. O que é de César é de César, eu não me vanglorio das coisas. A administração hoje só é exitosa justamente porque são duas pessoas acima da maturidade política. Nós não queremos estrelas na farda, nós queremos fazer o que poucos políticos hoje do Estado conseguem. Eu e o João podemos ir num shopping à noite, sem ser xingado, ir num restaurante sem ser vaiado. E digo que hoje essa equipe teve o aval do Prof. João Rocha”, afirmou.

Segundo o parlamentar, “nós sentimos uma energia extremamente positiva aqui, não poderia ser diferente, a expectativa, o crédito que o prefeito tem, traz essa grande quantidade de pessoas, depois quando um líder cumpre com aqueles compromissos firmados, os liderados: a população, associações de moradores, lideranças comunitárias, classe política está em volta porque acredita, acredita no seu trabalho, mas não é só na sua fala, é nas suas entregas, entregas essas que também são possíveis em razão do trabalho dos vereadores, porque esse Projeto passou pela Câmara e foi aprovado por unanimidade, a Câmara de Vereadores tem feito as entregas, tem produzindo as ferramentas legais que o prefeito precisa para colocar em prática as ações que a população quer”, salientou.

Para João Rocha, “acredito que estamos no caminho certo, o caminho da construção, ou da reconstrução, com essa unidade, com esse espírito de união quero reafirmar aqui o compromisso da Câmara de Vereadores para com o prefeito, evidentemente, que nós temos, em algumas situações, pensamentos diferentes, mas somos capazes de sentar nessa mesa aqui ou na mesa lá na Câmara e promover o entendimento e fazer o que é melhor para a cidade de Campo Grande e para as pessoas que aqui vivem. Quero aqui fazer um elogio especial à sua equipe, ao seu secretariado, você é bom, mas pra você ser melhor ainda, você precisa escolher um time como esse que você escolheu”, disse o vereador.

Sobre as obras

Em média, os três parques, que se estendem por quase 100 hectares, têm uma frequência diária de 1.800 pessoas, público que dobra aos finais de semana. Com a reforma programada, esta frequência vai aumentar, principalmente porque serão reabertas as piscinas do Jacques da Luz e do Ayrton Senna, interditadas há mais de 5 anos.  Haverá substituição da casa de máquina, troca do revestimento e impermeabilização.

As três reformas foram orçadas em R$ 2.942.068,83, mas com a concorrências nas licitações, o valor caiu 22,61% (R$ 665.916,05), ficando em pouco mais de R$ 2,2 milhões.

O maior investimento será no Ayrton Senna (R$ 899.947,02), contemplando troca das instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias (com a construção de banheiros para pessoas com deficiência física), reparos no telhado da quadra coberta ( que receberá nova pintura); instalação de 600 metros de telas de proteção para evitar que pássaros façam ninho na cobertura; substituição do forro e  ampliação do bloco administrativo.

No Jacques da Luz, a reforma, que  também abrangerá toda esta  estrutura física, está orçada em R$ 755.523,58. No Sóter, onde as obras custarão R$ 600.682,17, o projeto inclui reforma do pergolado, de 90 pilares do playground, dos brinquedos, do gradil.


Voltar


Comente sobre essa publicação...