Semana On

Domingo 17.nov.2019

Ano VIII - Nº 372

Viver bem

Novo estudo pode te guiar na escolha do melhor horário do dia para se exercitar

A pesquisa acompanhou 30 homens obesos ou com sobrepeso

Postado em 22 de Outubro de 2019 - Luiza Belloni – Huffpost

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Se você está buscando o melhor horário para se exercitar, uma nova pesquisa publicada no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism na semana passada pode ajudar. 

Segundo pesquisadores da University of Bath e da University of Birmingham, ambas britânicas, se exercitar antes do café da manhã, em jejum, se mostrou mais eficaz para a queima de gordura do que após a refeição. 

A pesquisa acompanhou 30 homens obesos ou com sobrepeso. Eles foram divididos em três grupos: o primeiro se exercitava antes da primeira refeição do dia, o segundo grupo se exercitava após o café da manhã e o terceiro grupo não fez nenhuma mudança em sua rotina diária. 

Todos os participantes ingeriram os mesmos alimentos e fizeram 60 minutos de ciclismo. 

Após seis semanas, aqueles que se exercitaram em jejum queimaram duas vezes mais gordura do que aqueles que comeram antes de andar de bicicleta. Segundo pesquisadores, a explicação provável é que aqueles que estavam de jejum forçaram o corpo a utilizar a “gordura estocada”, enquanto o outro grupo não precisou pois já havia a energia ingerida anteriormente ao exercício. 

Além disso, os pesquisadores notaram que aqueles que se exercitaram antes do café da manhã tiveram uma diminuição na insulina, o que ajuda a regular o açúcar no sangue. Isso diminui as chances de ter doenças cardiovasculares e diabetes. 

Já o grupo que se exercitou após o café não teve alteração nos níveis de insulina e não apresentou nenhuma melhora em relação ao terceiro grupo. 

“Nossos resultados sugerem que mudar o momento em que você come em relação ao exercício pode trazer mais benefícios para a saúde em geral”, disse o Dr. Javier Gonzalez, co-autor do estudo e professor do departamento de saúde da University of Bath, no Reino Unido.

“Este trabalho sugere que a realização de exercícios no estado de jejum noturno pode aumentar os benefícios de saúde para os indivíduos, sem alterar a intensidade, duração ou percepção de seus esforços. Agora precisamos explorar os efeitos a longo prazo desse tipo de exercício e se as mulheres se beneficiam da mesma maneira que os homens”, acrescentou o co-autor, Dr. Gareth Wallis, da University of Birmingham.

É preciso lembrar, porém, que o estudo foi feito com uma amostra limitada e, por isso, será necessário mais pesquisas para comprovar os resultados. Além disso, o estudo vai contra o conselho de profissionais de saúde e personal trainers. Eles aconselham uma alimentação leve e equilibrada antes do treino. 

Ainda, treinar em jejum depende da disposição de cada um. Enquanto uns se sentem mais dispostos se exercitar sem nada no estômago, outros se sentem fracos e têm seu rendimento comprometido ― além de ter o risco de sofrer algum acidente na academia.

É possível dizer, então, que o melhor horário para se exercitar é aquele que se encaixa no seu dia a dia e no qual você se sente mais disposto, seja antes ou depois de uma refeição saudável.


Voltar


Comente sobre essa publicação...