Semana On

Domingo 25.ago.2019

Ano VII - Nº 360

Comportamento

Brasil é o 8º país com mais suicídios, aponta relatório da OMS

Mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo.

Postado em 09 de Setembro de 2014 - Redação Semana On

Na lista, o Brasil é o 8º país com mais suicídios por ano, com 11.821 casos em 2012. Na lista, o Brasil é o 8º país com mais suicídios por ano, com 11.821 casos em 2012.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo - ou uma pessoa a cada 40 segundos–, segundo o primeiro relatório global sobre prevenção de suicídio da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na lista, o Brasil é o 8º país com mais suicídios por ano, com 11.821 casos em 2012. Na frente estão, na ordem de países com maiores taxas, Índia, China, EUA, Rússia, Japão, Coreia do Sul e Paquistão.

De acordo com o documento, cerca de 75% dos suicídios acontecem entre pessoas de países pobres ou nível socioeconômico médio. A entidade pediu mais ações para reduzir o acesso às formas mais comuns de suicídio.

Na faixa dos 15 aos 29 anos, o suicídio é a segunda causa de morte no mundo.

A análise aponta que os suicídios acontecem no mundo todo e em qualquer idade. No mundo todo, as taxas são maiores entre pessoas com mais de 70 anos, mas, em alguns países, os maiores índices foram encontrados entre jovens. Na faixa dos 15 aos 29 anos, o suicídio é a segunda causa de morte no mundo.

De acordo com a OMS, os governos deveriam colocar em prática planos nacionais de prevenção, estratégia que existe hoje em apenas 28 países, e restringir o acesso a métodos mais comuns usados para suicídio, como armas de fogo e pesticidas.

DIFERENÇAS

O relatório mostra que, em geral, homens cometem mais suicídio do que as mulheres. Em países ricos, o número de homens que tiram a própria vida é 3 vezes maior do que o de mulheres, e os homens com mais de 50 anos são particularmente mais vulneráveis.

Em países mais pobres ou em desenvolvimento, pessoas jovens e mulheres mais velhas têm taxas mais altas de suicídio.

Medidas preventivas incluem a identificação precoce e o tratamento de pessoas com doenças mentais e que abusam de drogas e evitar o sensacionalismo ou glamorização do suicídio na mídia ou a descrição detalhada da maneira utilizada por uma pessoa famosa para se suicidar.

Leia mais sobre este tema

Quebrando o tabu


Voltar


Comente sobre essa publicação...