Semana On

Quinta-Feira 12.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Legislativo

Com espaço para Confraria Sociartista, Capital vai ter grande centro de arte-educação e cultura

Localizado na Vila Polonês local vai servir como uma ferramenta para a sociedade ocupar os espaços públicos

Postado em 11 de Setembro de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O sonho de um espaço para cultura e arte-educação, onde artistas e comunidade possam atuar é antigo e ganhou mais força há três anos com a criação da Confraria Sociartista. Agora este local vai ser uma realidade com a assinatura de um termo de permissão de uso de uma área pública entre a Confraria e a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

As tentativas para que a Confraria Sociartista pudesse ter um local para funcionar como grande centro cultural e de arte-educação começaram há dois anos, por meio do mandato do vereador Eduardo Romero (Rede). Foram muitas tratativas com representantes do poder público municipal até a assinatura do termo de permissão, no último dia 10.

Eduardo Romero explica que além de funcionar como sede da Confraria, o espaço localizado na Vila Polonês vai servir como uma ferramenta para a sociedade ocupar os espaços públicos. ‘A ideia surgiu com um grupo de artistas. Fomos procurados e somamos força para este acontecimento pra cidade, pois a arte é um mecanismo para construção da cidadania’, frisa.

O parlamentar ressalta ainda que a Confraria Sociartista tem como característica a multiplicidade de expressões com diversos estilos e isto vai proporcionar atividades que vão da dança à literatura, pintura, teatro, música, entre outras manifestações. ‘Ganha o poder público com a autorização de uso do espaço público como sede desta entidade e ganha a sociedade que cada vez mais tem aprendido a ocupar espaços públicos nas mais variadas modalidades’, defende.

O presidente da Confraria Sociartista, Pedro Guilherme Garcia Góes destaca que a conquista da autorização de uso veio depois de muito trabalho. ‘Esta luta é mais antiga que a própria Confraria. Ali serão ministradas oficinas gratuitas ou com um valor mínimo quando não for possível a gratuidade ou parcerias. Temos muito a agradecer aos que nos ajudaram’, diz.

Atualmente a Confraria Sociartista é uma associação composta por 50 integrantes artistas visuais profissionais de todo Mato Grosso do Sul e surgiu com o objetivo de grupo de artistas para discutir a ocupação de espaços públicos como fazem na Praça das Águas, no bairro Chácara Cachoeira.


Voltar


Comente sobre essa publicação...