Semana On

Sábado 21.set.2019

Ano VIII - Nº 364

Campo Grande

Governo do Estado inaugura centro poliesportivo referência para o esporte paralímpico

Como Centro Esportivo multiuso, moradores poderão escolher atividades como zumba, basquete, ginástica para terceira idade, escolinha de futsal para crianças

Postado em 28 de Agosto de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A comunidade da região da Grande Santo Amaro ganhou um espaço multiuso que será referência para o esporte paraolímpico, com a inauguração do Centro Poliesportivo “Mamede Assem José”, também conhecido como Centro Esportivo da Vila Almeida. A obra, iniciada há 16 anos, estava abandonada e foi retomada pelo Governo do Estado no ano passado.

“Essa obra foi prometida por muitos governadores e o governador Reinaldo Azambuja foi o único que teve a determinação de cumprir a promessa. A nossa comunidade agradece muito pela realização desse sonho que durava mais de 16 anos”, afirmou o coronel da Polícia Militar Mário Ajala, que mora na Vila Almeida há 57 anos. Nascido no bairro, Ajala é conhecido pela comunidade por realizar há 21 anos o tradicional campeonato de futebol “terrão”.

“Há quase 17 anos esperávamos por esse complexo esportivo que será modelo para o Brasil”, disse o presidente da Associação dos Moradores do bairro Coophatrabalho, Willian da Silva.

Durante a inauguração, o governador Reinaldo Azambuja destacou que a inauguração do Centro Esportivo da Vila Almeida será um marco também para o esporte paraolímpico. “Aqui teremos um centro de treinamento paraolímpico que será referência. E vamos também criar várias escolinhas para atender a comunidade”, afirmou.

Reinaldo Azambuja disse também que, junto com a bancada federal, o Governo do Estado pretende revitalizar os ginásios esportivos em todos os 79 municípios. O levantamento da situação em cada cidade sul-mato-grossense já foi feito pela Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

O presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, disse que o Centro Poliesportivo Mamede Assem José será multiuso. Haverá uma programação de atividades esportivas oferecidas à comunidade, além das escolinhas de algumas modalidades. “A prioridade é atender a população, além da prática esportiva serão realizadas também atividades culturais”, pontuou.

A ex-jogadora da Seleção Brasileira de Vôlei, Virna, foi “nomeada” embaixadora do Centro e deixou cravada no complexo esportivo a marca das mãos que deu tantas conquistas ao Brasil. “Fiquei muito lisonjeada em fazer parte dessa história e fiquei mais feliz  ainda de ver que a população aqui gosta de esporte e o governador tem um olhar para o esporte paraolímpico. O esporte é transformador”, afirmou Virna, emocionada.

Dia de felicidade também para Patrik Loureiro, de 26 anos, e que há 5 anos pratica a paracanoagem. Patrick tem 26 anos há 5 pratica a paracanoagem. Na cerimônia de inauguração do complexo, foi assinado termo de cessão de uso entre a Fundesporte e Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul, em que equipamentos para atletas de paracanoagem do MS foram entregues. Um dos equipamentos será usado por ele.

“O material conta muito no alto rendimento e o Estado estava ficando muito para trás pela falta de material bom para treinamento, e com esse material que recebemos vamos colocar o Estado de novo no cenário nacional”, afirmou Patrick.  “Ano que vem quero brigar por uma vaga na olimpíada”, concluiu o atleta.

Morador da Vila Almeida há 35 anos, o senhor Adércio Geraldo França, de 73 anos, passou 15 anos convivendo com enorme obra inacabada bem em frente a sua residência, na Avenida Engenheiro Américo de Carvalho Bais, onde vive há 35 anos. “Desde que pararam a obra o local virou abrigo da meninada quem vinha usar drogas”, conta. Segundo ele muita gente passou por lá prometendo retomar a obra, mas ninguém cumpriu a palavra. Até que encontrou com o governador Reinaldo Azambuja no local. Sem a menor cerimônia, o senhor Adércio lembra que falou direto para ele que não acreditava mais em político que só promete e não cumpre. “Ele olhou bem pra mim e disse que eu podia ficar tranquilo: ele iria terminar a obra”.

Acessibilidade para equipe paraolímpica

Como Centro Esportivo multiuso, moradores poderão escolher atividades como zumba, basquete, ginástica para terceira idade, escolinha de futsal para crianças. Serão 12 professores de educação física prontos para atender a demanda da população, e estará aberto inclusive nos finais de semana.

O local tem 13 mil m² e quatro mil de área construída, duas quadras polivalentes para prática de futsal, handebol, basquetebol e voleibol, bloco administrativo, sala de atendimento lúdico, depósito, sanitário público, camarim, armários, vestiários, lanchonete, depósito de material de limpeza e 78 vagas de estacionamento. “Tenho certeza que a comunidade fará bom uso do espaço”, atesta o Presidente da Fundesporte, destacando  a utilização do espaço pela equipes de atletas universitários e paraolímpicos.

Integrante da equipe “Pantanal sobre Rodas”, o  atleta paraolímpico de basquete, Emanuel Rogério de Oliveira, 43 anos, não vê a hora de começar os treinos no Centro Esportivo. Desde 2010, quando passou a fazer parte do time, eles vivem mudando de lugar, porque sempre  espaço apresenta problemas. Há anos que a equipe luta por um local fixo para melhorar a rotina de treinamento. “Vamos ganhar uma casa com direito a sala para nossos equipamentos”, conta Emanuel, explicando que o espaço para guardar as cadeiras de rodas sempre foi um problema para eles.

O entusiasmo do atleta é enorme principalmente por dois motivos: a cesta de basquete hidráulica (móvel) e a total acessibilidade. “Temos até duas linhas de ônibus que param bem na frente”, conta Emanuel. Para ficar ainda melhor, de acordo com o atleta, só falta um transporte exclusivo para a equipe. Em Mato Grosso do Sul existem apenas dois times de paraolímpicos: na capital e em Dourados. Os atletas de Campo Grande usam o transporte público e caronas para se locomoverem para treinos e jogos.


Voltar


Comente sobre essa publicação...