Semana On

Quinta-Feira 21.nov.2019

Ano VIII - Nº 372

Coluna

De olho nas prefeituras, PT trará Fernando Haddad a Campo Grande e Dourados

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 08 de Agosto de 2019 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Fernando Haddad virá a Campo Grande e Dourados no dia 23 deste mês para encontros político do PT visando as eleições municipais do ano que vem, informou o presidente regional do partido Zeca do PT. "A agenda deverá ser fechada no próximo sábado em reunião da executiva estadual do PT", disse o ex-governador. A visita de Haddad visa reforças as discussões em torno de nomes do partido nas principais cidades do estado. Na Capital, Zeca colocou seu nome à disposição para disputar a prefeitura, mas citou outras lideranças como os deputados estaduais Pedro Kemp e Cabo Almi. "Em Dourados temos bons nomes como, por exemplo, o vereador Elias Ishy e o engenheiro agrônomo Hermínio Guedes, ex-assessor do meu governo, com largo conhecimento técnico e administrativo que dialoga com vários setores da população douradense", afirmou o ex-governador.

Não esquece

Quem apostava que aos 75 anos o deputado Onevan de Matos não dá suas pedaladas... perdeu. Em São Gabriel do Oeste para tratar de emendas ao município, o tucano doou uma bike para uma rifa de uma escola local e mostrou que quem já pedalou, nunca esquece.

Infraestrutura, segurança e saúde estão entre prioridades da população em MS

Infraestrutura, segurança, saúde e educação, além de investimentos em pavimentação, saneamento e integração com a Rota Bioceânica estão na maior parte das sugestões apresentadas pela população nos encontros abertos pelo Governo de Mato Grosso do Sul para debater o Plano Plurianual (PPA) 2020-2023 que será enviado à Assembleia até outubro deste ano, anunciou o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.

"Cada região tem a sua prioridade. Mas nós observamos muita demanda em torno de infraestrutura. Uma série de demandas na área social, em saúde e educação. Boa parte já está contemplada no esforço que o governo faz em termos de prioridades. Mas boas sugestões específicas regionais também surgiram e nós vamos agregar isso no plano para que possamos levar, nesses três anos e meio, do governo Reinaldo Azambuja, ações concretas que vão ao encontro dessas demandas regionais”, disse Riedel no evento em Campo Grande fechou os encontros regionais realizados também em Aquidauana, Naviraí, São Gabriel do Oeste, Três Lagoas e Ponta Porã. Os debates contaram com representantes de 55 municípios para ouvir sugestões para o PPA, que define prioridades do governo para um período de quatro anos.

Marquinhos manda cortar 30% dos gastos da Prefeitura de Campo Grande

Decreto do prefeito Marquinhos Trad (PSD) prevê redução de pelo menos 30% dos gastos da Prefeitura de Campo Grande, em relação a 2018, com publicidade e propaganda, festas e homenagens, combustíveis e manutenção de veículos leves, material de consumo e contas de água e esgoto, energia, telefone e internet. Ao inaugurar uma escola, Trad lembrou que a prefeitura está fazendo Refis para tentar receber dívidas com o IPTU cuja inadimplência chega a 45% e comparou a União e o Estado a "patrões" que reduziram "salários" (repasses) nos últimos quatro meses, exigindo novo corte de gastos para manter o pagamento dos servidores em dia. "Tudo que a União recebe vem dos municípios. O cidadão que está agora fazendo uma compra no supermercado, no Tijuca II, 60% vai para o Estado ou para a União, para o município não vem nada, o Estado e a União devolve ao município. Só que eles não estão devolvendo em valores, estão devolvendo em máquina agrícola, trator, em aparelho para unidade hospitalar. A gente precisa do custeio, se a gente manda o dinheiro a gente tem que receber o dinheiro, porque nós sabemos aonde o calo aperta no nosso pé", afirmou, conforme o Correio do Estado. O decreto determina que os órgãos municipais devem informar até o dia 31 deste mês o valor total estimado dos gatos para redução das despesas.

O 'nome do PSL' para prefeito da Capital

O deputado Capitão Contar publicou no Facebook link de notícia da revista Época informando que o PSL nacional quer os mais votados das eleições de 2018 disputando as prefeituras das capitais no ano que vem e, como foi campeão de votos para a Assembleia Legislativa de MS, publicou uma foto dele com os dizeres: 'CONTAR é o nome do PSL para PREFEITO'. A postagem gerou notícias na imprensa local dando como certa sua candidatura. Indagado, Contar disse ao Blog: "Se verificar com atenção meu post (que originou as matérias), não digo nada sobre minha intenção pessoal. Mas apenas que o meu nome é o INDICADO pelo PSL, assim como os demais campeões de votos em outros estados".

Assembleia aprova atendimento em Libras para surdos em órgãos públicos de MS

Projeto que prevê atendimento em Libras para pessoas surdas nos órgãos públicos estaduais de Mato Grosso do Sul foi aprovado em segunda votação na Assembleia e agora depende de sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para virar lei. Autor da proposta, o deputado Pedro Kemp (PT) afirma que a medida não vai gerar despesas, pois pode ser desenvolvida com uma central online e a capacitação de 5% dos servidores da saúde e da segurança para atender essas pessoas em hospitais e delegacias de polícia.

Polícia Federal e TCE vão compartilhar dados sobre Estado e municípios em MS

A Polícia Federal firmou convênio com o Tribunal de Contas (TCE-MS) em Mato Grosso do Sul e terá acesso às bases de dados da execução orçamentária, das licitações, contratos e dos servidores do governo e dos municípios do estado. O acordo assinado pelo superintendente da PF no estado Cleo Mazzotti, e o presidente do TCE-MS, Iran Coelho das Neves, é valido por 60 meses e permitirá o incremento das investigações da PF com acompanhamento de inquéritos, com as devidas autorizações judiciais. Ao TCE, possibilitará evitar novas fraudes nas modalidades detectadas nas investigações da Polícia Federal, disse ao jornal Correio do Estado, o delegado Cleo Mazzotti.

Reinaldo filia prefeito de Anaurilândia e PSDB soma 43 prefeitos dos 79 de MS

O PSDB soma 43 dos 79 prefeitos de Mato Grosso do Sul com o ingresso na sigla de Edson Takazono (ex-MDB), de Anaurilândia. A filiação do prefeito ocorreu na Câmara da cidade, com a presença do governador Reinaldo Azambuja, que esteve no município para inaugurar a pavimentação do acesso ao balneário local. Também foram filiados o vice-prefeito Adolfo Casado e cerca 40 lideranças locais em ato com o presidente estadual do PSDB, Sérgio de Paula, o deputado federal Beto Pereira e outras lideranças tucanas. Agora, com diretórios nos 79 municípios, o PSDB estadual tem, além do governador e 43 prefeitos, três deputados federais (Beto, Bia Cavassa e Rose Modesto), cinco estaduais (Felipe Orro, Marçal Filho, Onevan de Matos, Paulo Côrrea e Rinaldo Modesto), 17 vice-prefeitos e 162 vereadores.


Voltar


Comente sobre essa publicação...