Semana On

Sexta-Feira 06.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Veí­culos

Mercedes-Benz revela o GLB, SUV intermediário de 7 lugares

Com linhas ‘quadradinhas’ que remetem ao antigo GLK, modelo pode chegar ao Brasil importado do México

Postado em 11 de Junho de 2019 - G1

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Mercedes-Benz revelou a versão final do GLB, que, como já sugere o nome, chega para ocupar a lacuna entre o compacto GLA e o médio GLC. Com lançamento marcado para o final deste ano na Alemanha, é possível que o SUV chegue ao Brasil em 2020 importado do México.

O GLB tem como diferencial o visual "quadrado" com grande área envidraçada, remetendo ao GLK, descontinuado em 2015 com a chegada do GLC.

Tanto na dianteira, quanto na traseira, os conjuntos de iluminação ficam em posição visualmente mais baixa - para os faróis, a marca justifica a menor probabilidade de ofuscamento para os outros veículos. Nas versões com tração integral, os faróis têm função off-road, que promete iluminar pisos acidentados de forma mais eficiente.

Por dentro, porém, a ordem é a de uma aparência futurista com diversos pontos e faixas de iluminação - inclusive nas saídas de ar. Grande parte do acabamento é claro, em alumínio.

Há ainda as duas grandes telas unidas no topo de painel: uma representando o quadro de instrumentos, outra para a central multimídia, que incorpora o sistema de comandos por voz e diversas outras funções, reduzindo o número de botões físicos no painel.

Entre os itens tecnológicos, há estacionamento semi-autônomo, piloto automático adaptativo, assistente para mudanças involuntárias de faixa e um sistema que, com informações de câmeras e radares, pode assumir o controle do veículo de acordo com a situação a até 500 m à frente.

O SUV tem capacidade para levar até 7 ocupantes em seus 4,63 metros de comprimento, 1,83 metro de largura, 1,66 m de altura e 2,83 m de entre-eixos. O porta-malas tem 560 litros quando 5 lugares estão sendo utilizados.

Na mecânica, o GLB pode receber motores turbo a gasolina, além do 2.0 turbodiesel, câmbio de 8 marchas e tração integral.


Voltar


Comente sobre essa publicação...