Semana On

Segunda-Feira 14.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Judiciário

Pagamento da anuidade é investimento feito pela própria advocacia

Para o Diretor-Tesoureiro, Marco Rocha, a independência e autonomia da OAB está intimamente ligada à saúde econômico-financeira

Postado em 07 de Junho de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Dentre as funções que a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) tem, além de servir a sociedade, é lutar pelas prerrogativas da advocacia. Essa batalha somente é possível com o investimento que é feito pela própria classe, por meio do pagamento de anuidades.

A instituição conta com 20 sedes, incluindo a Seccional, 31 subseções e 93 salas.  Oferece diversos serviços como cursos, palestras, pós-graduação, clube de lazer, coworking, livraria, farmácia, dentista, biblioteca, dentre outros que também podem ser usufruídos por dependentes. E, para ter acesso a todas estas vantagens, basta apenas que advogados e advogadas estejam adimplentes.

O Diretor-Tesoureiro, Marco Rocha, destaca que a independência e autonomia da OAB está intimamente ligada à saúde econômico-financeira. “A Ordem é mantida, exclusivamente, pelos advogados, através do recolhimento das anuidades e seus dirigentes, por conta disso, possuem total autonomia para defender as prerrogativas da advocacia em todos os foros e instâncias”, enfatiza.

Marco Rocha reforça, ainda, que o valor arrecadado através das anuidades se reverte integralmente para a advocacia. “Toda a nossa estrutura disponibilizada à advocacia implica em despesas, que são suportadas pela própria classe, circunstância que deve orgulhar os advogados e advogadas do MS”, diz.

Os profissionais têm a opção de fazer o pagamento em única cota e com até 10% de desconto. Caso esteja inadimplente, existem alternativas de negociação que podem ser conferidas na resolução n. 09/2018.


Voltar


Comente sobre essa publicação...